sábado, 31 de julho de 2010

Um guaraná cor-de-rosa do Maranhão conquista a maior premiação mundial de design



18/07/2010 - 15:36 - Atualizado em 19/07/2010 - 17:15
 
Como o guaraná Jesus, uma pequena marca brasileira de refigerante, conquistou o Idea Thiago Cid
Uma anedota maranhense afirma que, no Estado, o primeiro significado da palavra Jesus é um refrigerante. A brincadeira reflete um fenômeno que começou local, tornou-se famoso no Brasil e agora se apresenta ao mundo: o guaraná Jesus, segundo refrigerante mais consumido no Maranhão (atrás apenas da líder global Coca-Cola). A folclórica bebida cor-de-rosa ganhou a medalha de ouro de melhor estratégia de marketing no Prêmio Internacional de Excelência em Design, o Idea, a maior premiação mundial de design. A campanha vencedora ocorreu no fim de 2008 para renovar o visual da lata. A tarefa não era simples, já que a bebida angariou, ao longo de décadas, fãs entusiasmados.
Sendi Morais/ÉPOCA
O guaraná Jesus e a lata premiada. Em seus 90 anos de existência, a bebida criou um segmento – o guaraná rosado

O ORIGINAL
O guaraná Jesus, criado em 1920, enraizou-se no gosto maranhense. Com pouquíssima propaganda, tornou-se quase um símbolo cultural do Estado. Ele deu origem a um subsegmento, o guaraná rosado, comum também no Piauí e Pará. Nos últimos anos, seu nome engraçado e sua cor fascinante ganharam simpatia Brasil afora. Há centenas de comunidades bem-humoradas a seu respeito no Facebook e no Orkut. Vídeos no YouTube brincam com o refrigerante em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Curitiba e outras cidades espalhadas pelo país – o tipo de tratamento espontâneo e alegre que empresas gastam milhões para conseguir. Há muito mais gente que fala sobre a bebida do que gente que já experimentou mesmo seu sabor muito doce, com traços de cravo e canela (a fórmula exata tem uma aura de mistério), mas os apreciadores reais não só existem, como se organizam para “importar” as latinhas do Maranhão. Por isso, renovar a lata sem incomodar os fãs seria um trabalho delicado. “Em marcas que são ícones, como o Jesus é no Maranhão, o desafio é manter a ligação emocional com os consumidores”, diz Leonardo Lanzetta, diretor executivo da agência de publicidade Dia, que montou a estratégia de marketing premiada. Em outras palavras: uma mudança desastrada faria com que o bebedor de Jesus não reconhecesse mais o produto que lembra sua infância, adolescência e tempos felizes.

Os publicitários fizeram uma campanha estadual com três propostas de novos desenhos para a lata e pediram votos dos fãs. Usaram a internet e mensagens por celular. Três pessoas fantasiadas de latinha – uma de cada opção – passearam por São Luís, brincaram com os passantes, visitaram colégios e entraram em casamentos, sempre recebidas com festa. O modelo vencedor lembra outro símbolo do Estado, os azulejos coloniais portugueses de São Luís.

A Coca-Cola, que havia comprado a marca em 2001, esperou para fazer mudanças sem quebrar a ligação nostálgica dos bebedores com Jesus. “Foi um grande mérito da campanha. Os consumidores sentiram que a marca pertence a eles, e não à Coca-Cola”, afirma Júlio Moreira, professor da Escola Superior de Propaganda e Marketing e especialista em marcas. Desde a campanha, as vendas do refrigerante cresceram 17%, segundo a consultoria Nielsen.

O resultado certamente teria agradado ao criador da bebida, o farmacêutico Jesus Norberto Gomes – que era ateu, foi excomungado e morreu em 1963. O guaraná resultou de uma tentativa frustrada de fabricar um remédio. Deu errado, mas os netos do farmacêutico adoraram o xarope. Nascia um produto vitorioso.
Compartilhe via:
Read More

Gerente da Euromar é morto por cliente dentro da loja

O crime foi cometido na manhã deste sábado(31), por um suposto cliente que teria reclamado do serviço.
Imirante
Foto: Douglas Júnior/O Estadoampliar

imirante.com
SÃO LUÍS – O gerente de funilaria da concessionária de veículos Euromar foi assassinado na manhã deste sábado (31), dentro da loja que fica no bairro Jaracati, em São Luís. A vítima foi identificada como Aerlon Serejo Mendonça, de 40 anos. O suspeito foi identificado como Roberto Jorge Alves, 50 anos, morador do Residencial Vinhais, que seria cliente da loja.

O crime ocorreu após uma discussão entre os dois por volta de meio dia. Roberto Alves teria reclamado de um serviço feito em um carro.
Segundo testemunhas, os dois teriam travado uma luta corporal e em seguida Roberto Alves teria disparado três tiros contra a vítima, dois deles atingindo a cabeça.

Roberto Alves chegou na companhia de uma mulher identificada como Josilene Fonseca, moradora da Vila Embratel, em um veículo Golf de placas NIK 5743 de Teresina. O veículo foi abandonado no pátio da concessionária na hora da fuga.

No veículo foram encontrados os documentos do suspeito, um crachá da empresa onde ele trabalha como motorista e os documentos e o endereço da mulher que estava em companhia dele. Os dois fugiram do local do crime. A polícia já está a procura dos suspeitos.
Aguarde novas informações.
Compartilhe via:
Read More

TJD Anula Série B 2009 e Reabilita Galo da Chapada

Por Alexandre Pinheiro - sexta, 30 de julho de 2010

Reunido na sede da OAB o Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão acaba de anular o campeonato da segunda divisão de 2009 e de tornar sem efeito a decisão que baniu o Chapadinha Futebol do Clube da Federação Maranhense.

O Tribunal considerou o campeonato de 2009 nulo porque o Moto Clube só deveria disputar a “segundona” em 2010 e não no mesmo ano como acabou acontecendo. O Chapadinha, que havia sido condenado por ter permitido a goleada contra o Viana, acabou beneficiado por uma alteração na lei que não mais prevê a punição de banimento.

Com a decisão, a segunda divisão estadual será disputada pelas equipes do Viana, Santa Quitéria e Chapadinha, sem presença do Moto que só voltará aos gramados na versão 2010 da série B. A Federação divulgará a tabela e o calendário do campeonato na semana que vem.
Compartilhe via:
Read More

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Thayse está fora do Ídolos 2010


Mesmo não ficando entre os 10 finalistas, Thayse está no coração dos chapadinhenses
Por William Fernandes – sexta, 30 de julho de 2010
Chapadinha - Ontem foram conhecidos os 10 finalistas do programa ídolos 2010, da TV Record e, infelizmente, nossa representante, Thayse Carneiro não se classificou entre eles.
Mas a Thayse e os chapadinhenses têm muito mais a comemorar do que a lamentar. Pois, dos 43 mil brasileiros inscritos, ela conseguiu chegar entre os 15 melhores e, como disseram os jurados, todos os 15 são excelentes. Por ser muito jovem e, consequentemente, inexperiente, Thayse errou na hora de escolher a música para a sua apresentação diante do público. Pode parecer um erro insignificante, mas num momento decisivo como este, qualquer detalhe é importante.
Para muitos, suas palavras antes de sua apresentação soaram como arrogância, soberba. Pode ter sido, não sei. Mas para mim, o que mais pesou na hora da classificação, foi o fato de o povo do Maranhão e do Nordeste ainda não ter aprendido a se valorizar. O nordestino e, em especial  o maranhense é discriminado pelo restante do país e nós ainda assinamos embaixo.
Nos outros estados, a imprensa fazia questão de badalar os nomes de seus representantes e fazer campanhas em prol deles. Com a representante maranhense apenas alguns blogs de Chapadinha o faziam. Assim, era querer demais, achar que Thayse poderia se classificar contando apenas com os votos de uma cidade pequena como a nossa, contra os votos de gigantescas metrópoles do Sul  e do Sudeste do País.
Aqui, a maioria das pessoas não tem nem condições de colocar créditos em seus celulares, pois nosso poder aquisitivo ainda é muito menor que o das pessoas de outras regiões mais desenvolvidas. Se pelo menos a população de São Luis, a maior do estado, tivesse abraçado essa campanha, quem sabe Thayse tivesse melhor sorte. Mas, fazer o quê? Se não foi dessa vez, poderá ser da próxima. Entre os 10 que se classificaram ontem tem dois que foram eliminados no ano passado deste mesmo programa. É preciso ter perseverança e tirar lições dos acontecimentos.
A Thayse não foi para a Mansão Ídolos, mas já deu sua grande contribuição para colocar Chapadinha novamente no mapa do Brasil, desta vez, pela porta da frente, ao contrário daquele triste episódio do futebol, que não gosto nem de lembrar.
Por isso, digo que, assim como fizeram uma carreata para pedir que todos votassem nela na última quarta-feira, devemos fazer uma maior ainda, para recepcioná-la, pois ela tem coragem, carisma e muito talento e mostrou isso desde os primeiros dias do programa, quando das audições realizadas em Fortaleza-CE em que ela eliminou muita gente experiente, deixando só ali, mais de 6 mil concorrentes.
Valeu Thayse, você é nosso Ídolo. Mas não esqueça de refletir e ver o que saiu errado, para que não lhe prejudique no futuro.
Compartilhe via:
Read More

Designer americano critica logo da Copa de 2014. "É um pesadelo".

30.07.2010

Um designer do Texas, Estados Unidos, que se diz fã de futebol e já trabalhou em agências como DDB, The Richards Group e Ogilvy, criticou diversos aspectos do logo criado para a Copa de 2014, de autoria da agência Africa. 
Felix Sockwell publicou em seu site pessoal (www.felixsockwell.com) alterações que faria no símbolo e disse em entrevista ao UOL Esporte que o desenho atual é um pesadelo.
Para Sockwell, a ideia parece “OK”, já a execução é gravemente deficiente e as proporções não foram corretamente elaboradas. Sockwell afirma que as mãos do desenho não parecem humanas, mas lembram as patas de sapos. Ele também observa que o fato de os dedos estarem grudados pode gerar problemas de impressão em tamanhos menores.
Sobre o número “2014” inserido no logo, Sockwell questiona: “Os números aqui? Por quê? E por que em vermelho?” Ele ressalta que seria melhor empregar apenas duas ou três cores, e não adicionar uma quarta. “O Brasil é verde, azul e amarelo. Tirem o vermelho.”
Segundo o designer, as graduações de cor (tons entre verde e amarelo no topo da taça) também são desnecessárias: “Gradientes não produzem bem em uma cor, especialmente sobre pano, couro e superfícies ásperas. É melhor mantê-las [as tonalidades] simples.” Para ele, quanto mais simples, mais se enfatiza o aspecto tridimensional.
Sockwell discorda dos símbolos de “Registrada” e “Copyright” (identificados pelas letras R e C), e diz que poderiam ser substituídos por “Trademarked” (TM) em tamanho menor. “Quando você está projetando uma identidade visual, as pessoas gostam de saber como o desenho funcionaria em aplicações, composições diversas. Eu preferia uma versão que se utilizasse mais das cores e dos elementos da bandeira. A repetição cria força.”
No entanto, a versão de Sockwell para o logo da Copa de 2014 difere pouco do atual aos olhos de um leigo em arte. Procurada pela redação do Adnews, a agência Africa, criadora do logo, não quis se pronunciar sobre o assunto.
 
Origem
A Africa participou da concorrência a convite da FIFA e disputou com mais de 30 agências o direito de desenvolver a logomarca. Trata-se de uma imagem com mãos entrelaçadas segurando a taça Fifa, conforme ilustrado pelas imagens que vazaram anteriormente. Para o sócio da agência, Márcio Santoro, o principal poder da logo são as cores e a mensagem de união entre os brasileiros com as mãos que cobrem a taça. "É uma coisa do brasileiro. Gostamos de tocar a taça e cobri-la com as mãos", afirma.

Compartilhe via:
Read More

Operação da PF apreende 16 kg de cocaína na capital

Um dos bandidos foi preso quando tentava fugir para Chapadinha

30 de julho de 2010 às 16:20
Policiais do Serviço de Inteligência da Polícia Federal (PF), em uma operação para combater o tráfico de drogas na capital maranhense, prenderam dois homens e apreenderam 16 kg de cocaína. A substância entorpecente estava escondida dentro de partes chumbadas num veículo.

Leandro Chavier Barros foi preso na última sexta-feira, 23, no retorno do São Cristovão, quando conduzia um veículo Celta, cor preta, placa NBS-6887, de Porto Velho-RO. No carro, a polícia encontrou 16 kg de cocaína que estavam escondidas em estruturas metálicas na lateral esquerda e direta, e na longarina abaixo do veículo. “Tivemos bastante trabalho para encontrarmos a droga, inclusive o carro teve que ser cortado”, disse o delegado Alex Raniery, da Delegacia de Entorpecentes da PF. De acordo com o delegado o carro vinha do município de Rio Branco, no Acre, com a droga, possivelmente comprada na Bolívia.

O outro suspeito, Francisco Salinos dos Santos Cabral, o “Salino”, foi preso na última quarta-feira, 28, no povoado de São Francisco/Itapecuru, quando tentava fugir para Chapadinha em um veículo Corsa Classic, placa NHM-7957/MA. Salino foi preso no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), depois de estar sendo monitorado desde a última sexta-feira, 23. Ele já havia sido preso em 2005 pelo crime de tráfico de drogas.

Os dois acusados Leandro Chavier Barros e Francisco Salinos dos Santos Cabral foram interrogados e depois transferidos para o Centro de Triagem em Pedrinhas, onde estão à disposição da Justiça. A substância entorpecente foi encaminhada para o Instituto de Criminalística (Icrim).
Compartilhe via:
Read More

Arnaldo Jabor o aiatolá platinado

Blog Maranhão Maravilha

Aiatolá Arnaldo Jabor

Conheça primeiro esse grande aiatolá Arnaldo Jabor

VEJA QUEM É ARNALDO JABOR E TIRE SUAS CONCLUSÕES SE ELE TEM HONRADEZ PARA FALAR DO TRE/MA!!!

Arnaldo Jabor no "bolsa-caviar" do tucano José Serra!!!
José Serra, ultimamente, tem criticado o bolsa-família, repetindo velhos preconceitos da elite paulista de que trataria de um “bolsa-esmola” (como os demo-tucanos costumam chamar o programa).

José Serra anda dando prioridade a outro tipo de bolsa e a outro tipo de família “carente”.

Arnaldo Jabor é aquele que vive de falar mal do governo Lula, dos aliados do presidente e bem do governo de Serra/FHC no Jornal da Globo.

Jabor é casado com Suzana Villas Boas, também uma globalete: apresenta o programa “Saia Justa” do GNT (canal das Organizações Globo).

Mas o casal não se satisfaz com os altos salários globais.

Contam com a providencial complementação de renda familiar provada por José Serra.

Suzana Villas Boas presta assessoria a José Serra, recebendo para isso uma complementação de renda familiar ao casal Jabor.

É uma versão bolsa-família-de-elite-tucana, um bolsa-caviar, criada por José Serra, para os “pobrezinhos” jornalistas da mídia corporativa.

Assim o contribuinte paulista cumpre sua sina de sustentar o projeto do “CANDIDATO” Serra.

Agora vamos as fatos:

Prevalescendo-se do escudo platinado protecionista da Globo e da falta de interatividade da televisão brasileira, o Senhor Arnaldo Jabor covardemente ataca o Maranhão e seu povo como  se fôssemos os vilões do Brasil e não as vítimas. Um exemplo recente foi o infeliz comentário feito pelo jornalista comparando o Maranhão ao Afeganistão. Como o Sr. Jabor não conhece o mapa do Brasil de Brasília pra cima, deve pensar que o Maranhão fica no Norte e que nós falamos um dialeto estranho chamado nordestinês, ele também não consegue ter discernimento para saber onde fica o verdadeiro Afeganistão brasileiro e quem são os aiatolás que condenaram o Maranhão e o Nordeste com seus até então ricos estados a este estado lastimável.

Eu me proponho a informá-lo. Foram vocês sudestinos que empobreceram o Maranhão e o Nordeste, discrimanaram e fizeram de nós escravos brancos, nos tirando tudo através dos séculos. A começar pela transferência da capital do Brasil para o Rio de Janeiro, cidade natal do Sr. Arnaldo Jabor, antes da tranferência, a capital era no Nordeste, Salvador. No Brasil colonial existiam grandes e prósperas cidades no Nordeste, tais como Recife, Salvador e São Luís.

Os grandes coronéis sudestinos criaram a famígerada política do Café-com-Leite onde todos os presidentes tinham que obrigatóriamente ser de São Paulo ou Minas Gerais. Forçaram a barra e arrastaram todos os grandes investimentos para o Sudeste durante décadas. O resto do Brasil, em especial o Nordeste, só podia participar como mão de obra barata na constução do império sudestino. Foi exatamente esse domínio que relegou o Nordeste a situações humilhantes, desprezando todo o potencial logístico da região.

É sabido que o Maranhão tem o segundo porto mais fundo do mundo, está localizado num ponto equidistante privilegiadíssimo entre os Estados Unidos, a Europa e o Canal do Panamá e que o Maranhão é e sempre foi um privilegiado em riquezas naturais e climáticas, entretanto essas riquezas só eram exploradas para enriquecer os políticos do Sudeste que transferiam o dinheiro gerado por nossas riquezas para a sede das empresas instaladas no Sudeste.

Por qual motivo o Itaqui sendo o segundo porto mais fundo do mundo e melhor localizado do Brasil foi relegado a segundo plano, ou mesmo a plano nenhum, pelos governantes sudestinos durante décadas?

A política perversa e discriminatória dos sudestinos é que fez e faz com que até hoje uma carga que venha de navio dos Estados Unidos ou da Europa em direçao ao Nordeste passe pela costa do Maranhão e vá direto ao porto de Santos,, para deixar lá a arrecadação alfandegária que por direito seria de algum estado nordestino. É essa mesma política cruel que faz com que até hoje um avião proveniente da Europa com destino ao Nordeste seja obrigado a descer primeiro em São Paulo, fazendo com que nós paguemos mais caro por uma passagem, em princípio desnecessária, de volta ao Nordeste. Você pode até argumentar que já existem voos diretos do exterior para o Nordeste, certo, existem mesmo, mas você já comparou os preços?

A forte mídia sudestina é claramente a favor da manutenção do sistema de concentração de investimentos no Sudeste, manipulando as massas, conseguindo com isso fazer com que até o nosso incauto povo acredite que estamos nessa situação por culpa nossa ao eleger políticos nordestinos. Você está errado Senhor Arnaldo Jabor, são políticos fortes competentes como Lula e Sarney que estão mudando esse quadro de penúria do Nordeste que vocês impuseram a nós e é por isso que eles incomodam tanto a vocês sudestinos. Não vou aqui dar uma de advogado do Diabo e querer convencer ninguém que Lula ou Sarney são santos. Longe de mim tal coisa. Mas é de estranhar que os insistentes ataques a esses que são os atuais maiores políticos do país só ocorram após eles conseguiram grandes investimentos para o Nordeste a exemplo das refinarias, siderúrgicas, grandes ferrovias e do pré-sal, tido como a grande oportunidade de tirar o resto do país da lama que vocês o deixaram. É cômodo e conveniente para você que o Nordeste continue sendo alvo de suas chacotas.
Porquê tantos ataques ao Maranhão? porquê incomodamos tanto se somos tão Haiti, tão Afeganistão, como você sempre fala? será que depois que o governo Lula descobriu o potencial logístico e estratégico do Maranhão viramos uma ameaça ao seu rico  Sudeste? Juntar forças políticas com potencial logístico do Nordeste é perigoso para vocês? É por isso que vocês tem por objetivo enfraquecer o poder político do Nordeste? essas duas coisas juntas vão de encontro a seus interesses?  Você quer mesmo que acreditemos que o empobrecimento do Maranhão é culpa única e exclusivamente do Sarney? e mais, quer que acreditemos que o enfraquecimento político do Maranhão tirando o Sarney do poder, é que vai salvar o nosso estado do estado de penúria que você, a sua Globo e os seus políticos nos impuseram?

Com que direito você vem cobrar que o Maranhão seja rico e impecável se vocês mesmos o condicionaram a pobreza? a pobreza imposta ao Maranhão não tem um único culpado, tem vários e os principais são vocês sudestinos. Quando Sarney nasceu nossa pobreza já estava crônica.

Se você acha que é fácil tirar o Maranhão da situação de penúria, que é só uma questão de vontade do Sarney, explique então porque São Paulo e Rio, cidades tão ricas não conseguem lidar ou pelo menos diminuir seus problemas sociais, sua violência, suas favelas, suas periferias vergonhosas, suas enchentes, assim como também não conseguem livrar a população das balas perdidas que fazem o povo refém de bandidos e dos aiatolás do narcotráfico? Você quer exigir padrão de vida suíço justo do agora empobrecido Maranhão, quando os seus eficientes e multimilionários políticos sudestinos "malufam" o dinheiro do país em paraísos fiscais no exterior? Você quer que acreditemos que você ao vir na televisão apontar seu dedo sujo ao Sarney e ao Maranhão está preocupado com o bem estar nosso estado e do nosso povo? plim, plim.   

Zeca Maranhão
Compartilhe via:
Read More

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Rodrigo Faro anuncia os 10 finalistas que vão morar na Mansão Ídolos

No programa desta quinta-feira (29), jurados e público definem o Top 10

Do R7

Conheça os candidatos que chegaram ao Top 10 no programa desta quinta (29)
No programa Ídolos desta quinta-feira (29), o apresentador Rodrigo Faro vai anunciar o resultado da votação do público e dos jurados. Dos 15 candidatos que se apresentaram no programa da última terça-feira, apenas 10 ficarão na disputa da fase dos Concertos.
Os cinco mais votados pelo público permanecem na competição, assim como os outros cinco escolhidos pelos jurados. Os cinco restantes deixam o reality show e voltam para casa.

Logo após o programa desta quinta-feira, os selecionados já entrarão na Mansão Ídolos. Os candidatos ficarão concentrados no local, morando juntos, estudando e se preparando para as gravações e eventos ligados à música.
Na semana que vem, os 10 finalistas enfrentarão outro desafio no palco, e mais uma eliminação estará em jogo.
Compartilhe via:
Read More

Ficha Limpa: A má-fé e a Santa Ignorância

Alexandre Pinheiro - quinta, 29 de julho de 2010

Por má-fé ou pura ignorância opositores de Magno insistem em incluí-lo no rol dos atingidos pela lei da Ficha Limpa. Antes de tudo é preciso esclarecer que a lei em questão – que apresenta sérios questionamentos quanto a sua validade constitucional e deverá passar pelo crivo do Supremo – torna inelegíveis candidatos condenados por tribunais colegiados e amplia o tempo em que os inclusos nas listas dos tribunais de contas ficam impedidos.

Magno, que sequer foi condenado em primeira instância, de forma alguma pode ter alegado contra si os efeitos e o rótulo de Ficha Suja. Aqui não se trata de imputar-lhe santidade ou imunidade eterna contra os rigores da lei. Há de se fazer diferença entre critérios subjetivos de considerá-lo isso ou aquilo e a objetividade do prescrito em lei, seja ela constitucional ou não.

Vejamos o exemplo do pedido de impugnação de sua candidatura de autoria do adversário Vagner Pessoa, que tem como base a inexistente presença de Magno na lista do TCU. Ora, se Magno estivesse na lista – o que não ocorre, seria o mesmo caso do ex-prefeito Isaías, que embora tenha três condenações, mas nem por isso pode ser considerado ficha suja no estrito sentido da Lei, pelo simples fato de não haver condenação além das desaprovações de contas que o tornaram inelegível por mais de duas décadas à frente.

É a tática desesperada de tentar colocar Magno onde o líder deles (Isaías Fortes) já se encontra a tempos, e nem precisou a lei da Ficha Limpa.

De propósito ou não, passa ao leitor que os “pensadores” da oposição continuam falando ás minúcias de tudo do que não entendem nada.
Compartilhe via:
Read More

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Vamos votar na candidata que representa o Maranhão e o Nordeste no Ídolos 2010

William Fernandes - Quarta, 28 de julho de 2010

Se você é maranhense, é nordestino e, acima de tudo é um chapadinhense, deve estar orgulhoso de ver nossa representante Thayse Carneiro, de 17 anos, entre os 15 finalistas de um dos concursos caça-talentos mais disputados e famosos do Brasil, o Ídolos 2010, da TV Record.

Ela deixou para trás, com muito talento e jeito espontâneo, mais de 43 mil candidatos de todo o País e agora espera contar com sua força, para ficar entre os 10 que irão para a Mansão, até que seja conhecido o mais novo ídolo do Brasil.

Para isso, vote nela, enviando a mensagem de texto Thayse de seu celular para o número 77014.

A votação termina nesta quinta, 29, às 12h00. A decisão sai no programa desta quinta, a partir das 23h15.

Você pode mandar quantas mensagens quiser. Quanto mais mandar, mais chances ela terá de ficar entre os 10. Lembrando que, dos 10 que ficarão, 5 serão escolhidos pelos jurados e os outros 5 serão escolhidos pelos telespectadores. Então, vamos dar este voto de confiança para a nossa Thayse Carneiro, que tem a cara e o jeitinho do Nordeste brasileiro.
Thayse Carneiro modela as sobrancelhas com ajuda de maquiador
Compartilhe via:
Read More

Espero que a felicidade seja sempre completa, conta Thayse Carneiro

Saiba mais sobre Thayse Carneiro, uma das finalistas do Ídolos 2010

Do R7 - Foto: Vinícius De La Rocha/R7


A candidata Thayse Carneiro tem 17 anos e é conhecida por todos pelo seu bom humor. Apesar das brincadeiras e do jeito espontâneo, a jovem maranhense, que namora há um ano, é bastante dedicada à música e aproveita a chance de mostrar seu talento em mais uma etapa do programa Ídolos 2010, já que foi selecionada pelos jurados Luiz Calainho, Marco Camargo e Paula Lima para participar da fase dos Concertos. Confira a entrevista.

R7 - Como é a sua família?
Thayse - Minha família é muito grande, mas eu moro com meu pai, a namorada dele e meu irmão. Minha mãe mora com meus avós. Minha relação com todos é muito boa.

R7 - Quem é a pessoa mais importante da sua vida?
Thayse - A pessoa mais importante é o meu irmão mais novo. Eu o vejo como se fosse um filho. Ele é muito lindo.

R7 - Como era sua rotina antes do programa?
Thayse - Eu terminei o colégio no ano passado e, como começou o programa, eu não entrei na faculdade. Durmo durante o dia e passo a madrugada inteira na internet ouvindo música e vendo vídeos. Sou viciada nos vídeos do Ídolos, assisto o tempo todo.

R7 - Qual foi o momento mais difícil que já enfrentou?
Thayse - Foram tantos, mas o pior foi quando perdi uma prima que era muito próxima. Eu fiquei arrasada. Isso aconteceu há dois anos, mas toda vez que lembro eu ainda choro.

R7 - Qual a melhor lembrança que você tem da sua vida?
Thayse - Apesar de tudo, minha vida é muito boa. Sei que tudo acontece por algum motivo. Mesmo assim, tenho um momento bom com cada pessoa que já conheci.

R7 - Como e quando a música passou a fazer parte da sua história? Quem te influenciou?
Thayse - Eu sempre gostei de música. Não me lembro quando comecei a cantar, mas lembro que, quando eu era pequena, ia para a casa da minha avó com três primas, a gente subia no pé de goiaba e cantava as músicas da Sandy. Acho que a primeira vez que cantei foi na escola, no Dia das Mães. Também cantei uma música no casamento de uma prima, e todos falaram que eu cantava muito bem. Uma vez eu entrei numa banda de forró, mas só sabia cantar uma música. A gente nunca se apresentou... Eu ia cantar no aniversário do meu pai, mas fiquei com vergonha.

R7 - Qual palavra, frase ou música te define?
Thayse - A palavra que me define é “verdade”. Eu sou muito verdadeira, isso é muito natural meu. Se eu gosto, eu gosto. Se não gosto, não gosto. Mas não faço mal a ninguém, tento tratar todo mundo muito bem, porque gosto de ser tratada assim.

R7 - Qual é o seu maior sonho?
Thayse - Eu não tenho um sonho, só espero que tudo dê certo. Espero que a felicidade seja sempre completa.
Compartilhe via:
Read More

Chapadinha Para Cristo recebe milhares de evangélicos na Praça do Povo

Começou ontem, 27 e vai até o próximo domingo o evento promovido pela Assembléia de Deus em Chapadinha.

Terça, 27 de julho 2010 - Fiéis assistem às pregações na Praça da Bíblia.


Pastores e cantores de diversos estados do Brasil estão participando do encontro religioso. Clique no cartaz para ampliá-lo.
Compartilhe via:
Read More

Nervosos, concorrentes do Ídolos 2010 deixam jurados esperando algo mais

VEJA A PARTICIPAÇÃO DA CHAPADINHENSE THAYSE CARNEIRO

                                       

 VAMOS VOTAR:  ENVIE: Thayse PARA: 77014

Pela primeira vez, cantores enfrentaram a pressão das luzes, banda e platéia lotada
Beatriz Cioffi, do R7
Divulgação/ Rede RecordFoto Divulgação/ Rede Record
Top 15 faz performances cheias de nervosismo. No prOgrama desta quinta (29), cinco serão eliminados
Publicidade
A primeira etapa da Fase dos Concertos do programa Ídolos 2010 foi ao ar nesta terça-feira (27). Além da tradicional avaliação dos jurados, os cantores enfrentaram palco iluminado, banda poderosa e platéia lotada. Assustados, jovens talentosos deixaram a desejar. Essa “espera por algo mais” ficou visível nos depoimentos dos próprios jurados da atração, Paula Lima, Marco Camargo e Luiz Calainho. Não foram poucas as vezes em que eles ressaltaram o talento do candidato, para em seguida declarar que não tinham visto “poder no palco” ou até mesmo emoção enquanto assistiam às apresentações.
Os concorrentes cantaram canções de seus próprios ídolos, em performances individuais. Marco Camargo comentou, em diversos momentos, o erro na escolha do repertório – já que muitos candidatos cantaram músicas que, claramente, não combinavam com seu timbre e voz.
Uma boa surpresa foi Chay Suede, de 17 anos. O jovem, apesar de ter deixado evidente sua ansiedade durante a apresentação, mostrou estilo e boa presença de palco. Chegou a arrancar sorrisos dos jurados, especialmente de Paula Lima.
Tom Black, repetente do Ídolos 2009, fugiu de seu estilo musical cantando a romântica canção  Solidão, de Sandra de Sá. Saiu-se bem, com poucos deslizes. Ainda assim, ganhou um puxão de orelha de Luiz Calainho, que afirmou não ter visto o Tom Black das outras fases do reality show em cena.
Assista às performances desta terça-feira (27) na íntegra:







Como resultado dessas apresentações, cinco candidatos serão eliminados no programa desta quinta-feira (27). Sobrarão apenas dez, que seguem para a etapa final da Fase dos Concertos.
Cinco candidatos serão salvos pelos jurados e cinco serão salvos pelos telespectadores do programa. Para saber como votar no seu cantor favorito, visite a página oficial do Ídolos 2010.
Relembre o repertório escolhido pelos concorrentes:
 Romero Ribeiro – Eu Sou o Samba, de Alexandre Pires
Renata Alves – Escudos, de Maria Gadú
Israel Lucero – A Fila Anda, de Leonardo
Juliane Fernandes – Mania de Você, de Rita Lee
Chay Suede – Jorge Maravilha, do Ira!
Agnes Jamille – Encontros e Despedidas, de Elis Regina
Maria Alice – Lilás, de Djavan
Thayse Carneiro – Quem de Nós Dois, de Ana Carolina
Tom Black – Solidão, de Sandra Sá
Nise Palhares – Luz do Olhos, de Cássia Eller
Juliana Suriano – Fera Ferida, de Roberto Carlos
Rodrigo Valentim – Azul, de Guilherme e Santiago
Thamires Santana – Nossa Canção, de Roberto Carlos
Phil Batista – Lindo dia, de Djavan
Bruno Fraga – Uma Carta, de LsJack
Compartilhe via:
Read More

terça-feira, 27 de julho de 2010

Núcleo Atmosfera comemora 5 anos de Dança-Teatro no Teatro Arthur Azevedo

O ator-bailarino chapadinhense Leônidas Portela, diretor do Núcleo Atmosfera, faz um convite especial para você:


O Núcleo Atmosfera comemora seus 5 anos de Dança-Teatro no Teatro Arthur Azevedo, apresentando três espetáculos:
  • Dia 27 de julho às 20h, espetáculo “As Mulheres de Shakespeare” e exposição no hall às 19h.
  • Dia 28 de julho às 20h, espetáculo “As Cores de Frida”.
  • Dia 29 de julho às 20h, espetáculo “60’Safira no Casarão das Ilusões”.
  • Dia 29 de julho a partir das 22h, ATMOSFEST – Balada Performática, na boate Metal SLZ. Os 100 primeiros ingressos vendidos acompanham uma camiseta exclusiva da festa.
No aniversário de 5 anos do Atmosfera você só paga 5 reais para assistir qualquer um dos três espetáculos. Os ingressos da festa estão custando R$ 15,00 com direito a camiseta para os 100 primeiros que comprarem.
Esperamos por você na nossa festa.
_______________________________________________________________
 
Leônidas está ministrando um curso de dança-teatro para 20 jovens de Chapadinha. O curso está sendo realizado no auditório da prefeitura e terá duração de 4 meses.

Leônidas Portella
Ator-bailarino.Graduado em Teatro UFMA.
Diretor do Núcleo Atmosfera de Dança-Teatro
Compartilhe via:
Read More

Aposentada morre vítima de acidente na Presidente Vargas

William Fernandes - segunda-feira, 26 de julho de 2010
 
Chapadinha - A aposentada Angélica Rodrigues da Luz, de 81 anos morreu após ser atropelada por uma motocicleta na Avenida Presidente Vargas, no início desta noite de segunda-feira, 26 de julho.
 
Angélica foi socorrida e ainda chegou com vida ao HAPA, mas, devido aos graves ferimentos ela não resistiu e morreu. Segundo informações do Hospital, a aposentada sofreu fraturas no crânio e em uma das pernas.

Ela foi atingida por uma moto conduzida pelo cobrador Bento Bastos, que segundo testemunhas, não socorreu a vítima. A aposentada estava atravessando a avenida para recepcionar a filha Madalena Ribeiro, que acabara de chegar, em uma van, vinda de Teresina.

Madalena conta que a van parou na avenida, do lado oposto ao da casa de sua mãe. Ela disse que dona Angélica já havia atravessado uma faixa da avenida e estava no canteiro central, esperando alguns carros que passavam e, quando ela resolveu atravessar, surgiu, de repente, uma moto em alta velocidade, atingindo-a e, cehio.

Atualizada teça-feira - 27 de julho, às 21h00.
Compartilhe via:
Read More

Mulher morre ao ser atropelada na calçada de casa

William Fernandes (Com informações e imagens do JCTV-TV Mirante)– segunda, 26 de julho de 2010
Elilde foi imprensada contra a parede
Chapadinha - A aposentada Elilde Lima de Sousa (foto ao lado), de 63 anos foi atropelada na tarde do último sábado, na porta de sua casa, na Rua Sebastião Archer,  no Bairro Caterpillar, por um veículo desgovernado, que era conduzido por uma mulher, a professora Valda Silva Oliveira, que perdeu o controle do veículo ao tentar estacioná-lo. Maria Antonia (foto abaixo), uma das pessoas que estavam sentadas na calçada da casa com a aposentada sofreu apenas leves ferimentos.
Maria Antonia - estava com Elilde na hora do acidente
Segundo a polícia, o esposo da professora ajudou a socorrer as vítimas. Valda Oliveira apresentou-se ontem à noite à Delegacia Regional de Chapadinha. De acordo com o delegado Jayron Timbó, a professora não tem carteira de habilitação.

Matéria atualizada terça-feira, às 21h00, para acréscimo de informações.
Compartilhe via:
Read More

Coimbra: Jovens missionários partiram para o nordeste brasileiro


Bispo de Coimbra destaca sentido de serviço de quem abdica do conforto para servir os outros
Por agência Eclesia - terça-feira 27 de julho de 2010
Foto – Frederico Martins
Nove jovens católicos da Diocese de Coimbra, acompanhados do padre Luís Miranda, partiram esta Terça-feira, dia 27, para Chapadinha, no Nordeste brasileiro, onde vão estar, durante o mês de Agosto, em missão de solidariedade.
“Chapadinha não é terra de turismo, eles vão passar privações”, avisou o Bispo de Coimbra, D. Albino Cleto, na Igreja de Almagreira, Pombal, durante a eucaristia do envio do “Grupo Missionário João Paulo II”, que aconteceu no último Domingo.
“A Igreja é feita disto: enviar, levar a sua riqueza, que não é dinheiro”, disse.
O padre Luís Miranda, coordenador do grupo, comentou que “naquela terra, onde vivem 85 mil pessoas, os padres são um bocadinho «mal-amados», não pelo povo, mas pelos fazendeiros e seus capangas, que exploram os trabalhadores”.
O sacerdote não hesita em denunciar a “fome, corrupção política e atentados à dignidade das pessoas”, fenômenos que já observou naquele território, em missões anteriores.
É com esta realidade que se vai confrontar o grupo de jovens das paróquias de Santo António dos Olivais e São Martinho do Bispo, Guia e Pombal, Soure e Lousã.
“Eles vão; não levam dinheiro, mas o seu testemunho, amor, a imagem de que a igreja não tem fronteiras”, afirmou D. Albino Cleto, sublinhando que “até Setembro, privam-se do conforto a que, cá, estão habituados”.
O Bispo de Coimbra entregou ao Pe. Luís Miranda o Livro dos Evangelhos, definindo-o como “a riqueza da Igreja”.
O prelado aproveitou a ocasião para comunicar que são cerca de 300 os jovens que partem em missão este Verão. “Em comum, têm todos o desejo de ajudar”, explicou.
De acordo com o Pe. Luís Miranda, os jovens vão fazer “o que for preciso”. “Sensibilizar”, “ensinar”, “fazer com”. São gestos de cidadania e amor ao próximo que os movem, para o que lhes foi entregue os símbolos da missão, nomeadamente a cruz da missão e o terço missionário. No final, uma surpresa: um terço que lhes foi oferecido pelo Papa.
Redação/Serviço Diocesano de Informação (Coimbra)
Compartilhe via:
Read More

O Bispo e a Candidata

Artigo de Roberto Malvezzi (Gogó)

Roberto Malvezzi (Gogó)
Roberto Malvezzi (Gogó)
[EcoDebate] A Igreja da América Latina mudou muito desde a Conferência Episcopal de Medellín, em 1968. Ali aconteceu a tomada de posição em favor dos pobres do continente, com todos os desdobramentos experimentados nas últimas décadas.
Mais que construir uma outra doutrina social, os bispos levaram a sério a “evangelização integral, em todas as suas dimensões, inclusive a social”. A integração entre fé e vida passou a ser uma expressão cotidiana de grande parte dos cristãos do continente. Em 1975 o Papa Paulo VI, na Evangelii Nuntiandi, incorpora definitivamente a dimensão social como essencial da própria evangelização.

Mesmo em anos mais recentes, quando houve grande recuo nessa linha de evangelização, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, tem feito declarações em momentos eleitorais, normalmente de forma genérica, mais em forma de princípios, para que os cristãos sejam responsáveis ao votar. Aí estão incluídas as dimensões mais próprias do mundo político, como a ética no trato do bem público, a ficha limpa do candidato, sua preocupação com a justiça social, a educação, a saúde e as populações mais pobres. Os documentos do episcopado não citam nomes, não execram publicamente nenhuma pessoa.
Por isso, é absolutamente fora dos padrões eclesiais a declaração do bispo de Guarulhos pedindo que os cristãos de sua diocese não votem em Dilma Roussef, por seu pressuposto apoio ao aborto.
O bispo erra em vários pontos. Primeiro, porque é uma atitude eclesialmente isolada. Nem sua aparente postura de defensor da vida lhe dá credibilidade.
Segundo, é uma leitura politicamente equivocada. A decisão sobre o aborto passa pelo Legislativo, não pelo Executivo. Há parlamentares favoráveis ao aborto em todos os partidos, assim como há contra. Portanto, não é exclusividade do partido de Dilma. Se é de citar um nome, que fossem citados todos. No fundo apenas revela sua opção eleitoral para o mês de outubro e seu preconceito contra a candidata e seu partido.
Terceiro, seria bom respeitar a opinião da própria pessoa, que já disse não ser favorável à descriminalização do aborto.
Por fim, seria melhor exigir de Dilma, como de todos os outros, a defesa da comunidade inteira da vida, ameaçada pela fome, pela sede, pelo Aquecimento Global. Seria bom ver também a dimensão da educação, da saúde, do acesso à água, ao saneamento, a implantação da reforma agrária e tantos outros consensos já existentes no episcopado.
Hoje há um enorme desencanto da população com a política, particularmente da juventude. Parece um fato repetitivo, sem capacidade de provocar mudanças. Se formos reduzir as preocupações da eleição à vida uterina, maior será seu desencanto.
Roberto Malvezzi (Gogó) é Assessor da Comissão Pastoral da Terra-CPT
Compartilhe via:
Read More

29 de Março empata com seleção de Brejo

29 DE MARÇO 1 X 1 SEL. DE BREJO

Terça, 27 de julho de 2010

O 29 de Março ficou apenas no empate com a seleção de Brejo em jogo realizado no últimio domingo, no estádio Lucidio Frazão. Apesar de o 29 ter realizado uma boa partida, criando mais chances de gols que o adversário, o palacr ficou em 1 a 1.

No dia 11 de julho, as duas equipes haviam se enfrentado em Brejo, na festa de aniversário daquela cidade e o 29 de Março venceu por 1 a 0.

Em função dos jogos do campeonato Brasileiro transmitidos pelas TVs abertas (Inter x Flamengo - Globo e Santos x SãoPaulo - Band) o público que compareceu ao estádio Lucídio Frazão para ver o amistoso foi pequeno.

Esse, sem dúvidas, é um bom motivo para os representantes de times que irão disputar o Torneio Intermunicipal 2010 já se preocuparem e solicitar à Federação Maranhense de Futebol, que não marque jogos para os domingos, sob o rsico de as partidas serem disputadas sempre com a presença de um público muito pequeno, o que seria uma pena.
Compartilhe via:
Read More

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Três mortos e 17 feridos num acidente em Tutóia

Os passageiros estavam em uma Toyota. Eles retornavam de um festejo em Santana do MA.
Pedro Sobrinho/Imirante
Arte: Maurício Araya/Imiranteampliar

imirante.com
SÃO LUÍS - Três pessoas mortas e dezessete feridas em um acidente, nesta madrugada, envolvendo uma caminhonete Toyota, no município de Tutoia. De acordo com as informações de Aurilene Alencar, vinte e duas pessoas estavam no carro em uma estrada vicinal. Eles retornavam de um festejo no município de Santana do Maranhão.

Aurilene Oliveira disse que os três corpos e as pessoas feridas foram conduzidos para a cidade de Parnaíba, no Piauí. Ela não soube informar onde estão hospitalizados e sobre o estado de saúde dos sobreviventes e onde estão hospitalizados.
Compartilhe via:
Read More

Por que acontecem tantos acidentes de trânsito?

William Fernandes - segunda, 26 de julho de 2010

Todo e qualquer acidente é algo indesejado e inesperado. Mas existem casos de acidentes, principalmente os de trânsito, que poderiam ser perfeitamente evitados, como por exemplo, os resultantes dos famosos pegas, os causados por pessoas embriagadas e/ou não habilitadas e por aí vai. Há também os casos de acidentes causados por pessoas que não estão embriagadas e são habilitadas, mas são donas de uma irresponsabilidade sem fim.

Hoje mesmo, quando retornava da cidade de Esperantina no Piauí, testemunhei diversos casos de irresponsabilidade no trânsito, tanto nesta cidade quanto em outras por onde passamos. Na estrada cheguei a ficar irritado de ver tanta gente burra e irresponsável dirigindo.

Algo em especial me chamou a atenção em praticamente todas as cidades por onde passei, tanto no lado maranhense quanto no piauiense: ninguém usa o capacete para dirigir motocicleta. Ninguém respeita sinalização. Ninguém anda devagar. Muitas crianças pilotando motos.

Mas, de todas as cenas lamentáveis que eu e minha trupe presenciamos durante esta viagem de três dias pelo belo estado do Piauí, uma cena me deixou chocado. Um homem de moto, devidamente equipado com capacete, carregava, provavelmente a esposa e a filhinha pequena em sua moto. Você deve estar se perguntando: e o que tem de errado nisso?

Veja a foto abaixo e tire suas conclusões:

Quando meu sobrinho Rafael tirou esta foto, estávamos a 90 km por hora e o homem estava praticamente na mesma velocidade. Repare que ele segura o guidão da moto com apenas uma das mãos. A outra ele usa para segurar alguma coisa parecida com um boné ou chapéu de pano. A criança parece estar dormindo e está apenas escorada em seu braço. Além do capacete que o piloto está usando (com a viseira levantada), nenhum outro equipamento de segurança é usado por qualquer um dos quatro (isso mesmo) que estão na moto. A mulher da garupa trás outra criança entre ela e o piloto. A foto foi tirada próximo à entrada do povoado Acampamento, município de Brejo.

 Veja a outra foto abaixo. Este trecho da rodovia é bastante movimentado e há muitas ultrapassagens, o que põe em risco a vida de quem trafega em veículos pequenos, ainda mais da forma em que este cidadão carrega sua família. Eu não tenho mais o que falar sobre esta cena. 

...
Compartilhe via:
Read More

Avaliação de impactos ambientais da sojicultura em um ecossistema aquático da microrregião de Chapadinha, MA

Autor Antonio Eduardo Pinheiro Presoti
Categoria Teses e Dissertações
Instituição [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES
Idioma Português
Área de Conhecimento INTERDISCIPLINAR
Nível Mestrado
Ano da Tese 2008
Resumo

Os estudos foram realizados na microbacia do Rio Preto, afluente pelo lado direito da bacia do Rio Munim. O rio Preto nasce ao sul do município de Buriti, coordenadas: 3°56’41.96″ Sul e 43° 2’31.40″ Oeste. Após percorrer cerca de 230 km, deságua no Rio Munim, na localidade de Nina Rodrigues, banhando os seguintes municípios: Buriti, Brejo, Milagres do Maranhão, Anapurus, Mata Roma, Urbano Santos, Chapadinha, São Benedito do Rio Preto e Nina Rodrigues. É uma região predominantemente rural, onde as atividades agrícolas vêm se intensificando nos últimos anos. Os municípios de Buriti, Anapurus, Mata Roma e Brejo vêm desenvolvendo uma agricultura intensiva, com destaque para a sojicultura. Com intuito de conhecer os níveis de contaminação por agrotóxicos no alto curso do Rio Preto, provenientes da sojicultura e de implicações destas contaminações de agrotóxicos na comunidade fitoplanctônica, foram realizadas quatro campanhas de amostragem em três pontos amostrais: Rio Preto – RP2 – latitude 3°51’47,70″S e longitude 43° 02’46,14″O, Rio Preto ? RP3 – latitude 3°43’19,98″S e longitude 43°00’40,32″O e Rio Preto ? RP4 – latitude 3°31’34,98″S e longitude 43°02’53,46″O. Estas campanhas foram realizadas no inicio de dezembro de 2007, final de janeiro, final de março e inicio de junho de 2008, considerando as duas primeiras campanhas realizadas no período de estiagem e as duas subseqüentes no período chuvoso. As datas das campanhas também visaram acompanhar o ciclo de plantio da soja, que começa na metade de janeiro e finda na metade de junho, com uma tolerância de dias para o inicio e fim do ciclo de plantio. Foram registrados, in situ, dados sobre a temperatura do ar e da água e, concomitantemente, coletadas amostras de água a 20 cm da superfície para análise das variáveis hidrológicas (pH, oxigênio dissolvido ? OD, condutividade, sólidos dissolvidos totais, turbidez, nitrogênio sob a forma nitrato e fósforo sob a forma fosfato); biológicas (densidade fitoplanctônica e os índices de riqueza, de eqüitabilidade e de diversidade) e análise de agrotóxicos (alaclor, aldrin, 2,4-D, 2,4,5-T, clorpirifós, clorpirifós-oxon, carbendazim, cipermetrina, monocrotofós, metamidofós, paraquate, thiram e carbofuran). Nas quatro campanhas de amostragem, nos três pontos amostrais (portanto, das doze tomadas de amostras), foi detectada a presença de agrotóxicos em onze das tomadas. Em termos numéricos, dos treze compostos investigados, oito foram detectados. Foi, inclusive, verificada a presença do produto organoclorado aldrin, cujo uso é proibido no Brasil desde a década de 80. Os estudos mostraram uma correlação entre o nível de contaminação de agrotóxicos e o impacto causado pelo aumento do número de células fitoplanctônicas no ponto amostral RP2. Dentre as espécies de fitoplâncton, Oocystis lacustris foi a espécie que apresentou um maior número de indivíduos em relação às outras espécies. A presença dos agrotóxicos e as alterações em populações de espécies fitoplanctônicas vieram comprovar, assim, os impactos ambientais provenientes das atividades sojicultoras na região.
Compartilhe via:
Read More

Grupo Missionário parte amanhã, de Portugal para Chapadinha

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
D. Albino Cleto fez, ontem, o envio na Igreja Paroquial de Almagreira
 São jovens que, amanhã, partem para uma realidade diferente. Prepararam-se, durante meses, para rumar a Chapadinha, uma paróquia que, situada no nordeste brasileiro, tem cerca de 80 mil pessoas. São o Grupo de altMissionários João Paulo II que, ontem, se viu ser enviado em missão, numa eucaristia que, presidida por D. Albino Cleto, bispo da diocese de Coimbra, decorreu na Igreja Paroquial de Almagreira, concelho de Pombal.
Espera-os o Pe. Manuel Neves, missionário da Sociedade dos Missionários da Boa Nova que, há 32 anos, alcançou aquele território. Aguarda-os o povo de Chapadinha que os vê chegar pelo terceiro ano consecutivo. O Carlos Duarte e o David Duarte, irmãos, são da Guia. 
A Margarida Neves é de Pombal, enquanto a Susana Marques e a Ângela Peça são de Santo António dos Olivais, Coimbra. Há ainda a Mirela Costa e o João Gomes, de Soure, a Catarina Proença, da Lousã, e a Sara Teixeira, de S. Martinho do Bispo, Coimbra. Vão acompanhados pelo Pe. Luís Miranda. Vão voltar a visitar casas e a desenvolver um trabalho que, desta vez, se concretizará no bairro mais populoso e complexo da cidade.
Segundo D. Albino Cleto, «a igreja é feita disto: enviar, levar a sua riqueza, que não é dinheiro». Entregou ao Pe. Luís Miranda o Livro dos Evangelhos, definindo-o como «a riqueza da igreja». «Eles vão. Não levam dinheiro, mas o seu testemunho, amor, a imagem de que a igreja não tem fronteiras», afirmou. «Chapadinha não é terra de turismo», alertou, referindo-se à disponibilidade que este grupo demonstrou em, até Setembro, se privar do conforto a que, cá, está habituado.
D. Albino Cleto aproveitou a ocasião para comunicar que são cerca de 300 os jovens que vão em missão este verão. Se estes vão até Chapadinha, há outros que, por exemplo, alcançam Angola, Moçambique, Guiné, S. Tomé e Príncipe. Em comum, têm todos o desejo de ajudar. Tal como o Pe. Luís Miranda já referiu ao nosso jornal: vão fazer «o que for preciso». “Sensibilizar”, “ensinar”, “fazer com”, é isso que os move. Foi-lhes entregue os símbolos da missão, nomeadamente a cruz da missão e o terço missionário. No final, houve ainda uma surpresa: um terço que lhes foi oferecido pelo Papa Bento XVI.
Fonte: Diário de Coimbra (Texto - Carina Leal / Foto – Frederico Martins) 
Jovens missionários partem para o Nordeste brasileiro
 

asbeirasonline - Por António Rosado


 
Nove jovens católicos e um padre da Diocese de Coimbra vão estar durante todo o mês de Agosto no município brasileiro de Chapadinha, no Nordeste brasileiro, em missão de solidariedade.
“Chapadinha não é terra de turismo, eles vão passar privações”, alertou ontem o bispo de Coimbra, D. Albino Cleto, enquanto celebrava, em Almagreira, Pombal, a eucaristia do envio de Grupo Missionário “João Paulo II”.
 
O coordenador do grupo, padre Luís Miranda, explicou ao DIÁRIO AS BEIRAS que “naquela terra, onde vivem 85 mil pessoas, os padres são um bocadinho mal-amados, não pelo povo, mas pelos fazendeiros e seus capangas, que exploram os trabalhadores”. 

O jovem clérigo parte dentro de uma semana para o Nordeste brasileiro pelo terceiro ano consecutivo, acompanhado por nove jovens, quase todos finalistas ou licenciados em Medicina e Enfermagem. Seguem em missão evangélica, mas também de apoio aos mais pobres: “vão fazer o que for preciso”, sintetiza Luís Miranda, responsável pela Pastoral das Vocações da Diocese de Coimbra.
 
O padre não hesita em denunciar a “fome, corrupção política e atentados à dignidade das pessoas”, fenómenos que já observou pelos seus próprios olhos naquele território, como, por exemplo, “uma mulher ganhar 2,3 reais por dia, a partir cocos para carvão, quando um quilo de feijão, para alimentar os filhos, custa 2,5 reais”. É com esta realidade que se vai confrontar o grupo de jovens das paróquias de Santo António dos Olivais e São Martinho do Bispo (Coimbra), Guia e Pombal (Pombal), Soure e Lousã.
Compartilhe via:
Read More