Ataliba Almeida começa a receber asfalto

Técnica aplicada em Chapadinha é inovadora e só era utilizada, há bem pouco tempo, na Europa

William Fernandes – wfmirante@hotmail.com - quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Chapadinha - Agora, sim, o sonho de ver a Avenida Ataliba Almeida totalmente asfaltada está mais próximo de se tornar realidade. A empresa responsável pela obra, começou hoje, pela manhã, a colocar a camada de asfalto que dará um novo aspecto à principal porta de entrada à cidade de Chapadinha.

Com o serviço de terraplenagem completamente feito em quase metade do trecho a ser recuperado, o asfalto está sendo colocado a partir do início da Ladeira do Angelim. O asfalto quente vem de uma distância de quase 70km, do município de Vargem Grande, onde foi instalada a usina.

Paralelamente á colocação do asfalto, a empresa está realizando a terraplenagem no restante da avenida. A máquina recicladora está removendo e reciclando todo o material existente na avenida. Este é um processo que dá maior garantia na qualidade da obra, além de reduzir e tempo de execução e causar  menos danos ao meio ambiente.

Saiba mais sobre a revolucionária técnica de reciclagem a frio, que está sendo empregada na reconstrução da Avenida Ataliba Almeida (o objetivo do nosso blog é o de bem informar e não de confundir, como tem gente fazendo por aí. Por isso, posto as explicações a respeito deste processo de reciclagem):

O processo traz vantagens em relação ao meio ambiente, pois faz uso total do material no pavimento existente, não sendo preciso encontrar locais de aterro. O volume de material novo a ser trazido de pedreiras também é minimizado, reduzindo as escarpas na zona rural, causadas pela abertura de escavações.

OUTRAS  VANTAGENS DA RECICLAGEM DE ASFALTO:

A qualidade da camada reciclada fica assegurada, pois a adição de líquidos é precisa, graças ao sistema de bombas controlado por microprocessador e seus componentes são rigorosamente processados na câmara de mistura;

Outra facilidade refere-se à integridade estrutural do pavimento, pois a reciclagem a frio produz camadas espessas e aglutinadas, que são homogêneas e não contêm interfaces frágeis entre as camadas mais delgadas, como encontrado em pavimentos construídos de maneira convencional; Com a reciclagem a frio, ocorrem menos alterações na pista causadas por baixa qualidade do subleito.

A técnica é geralmente uma operação de uma única passada; O tempo de construção também é reduzido, se compararmos com outros métodos de restauração. Esse é um benefício evidente para o usuário da rodovia, já que o tráfego é interrompido por um período menor.

Um dos mais importantes ganhos deste processo é o alto nível de segurança alcançado no tráfego, sendo que todo o trem de reciclagem pode ser acomodado na largura de uma pista;

Em estradas de duas pistas, por exemplo, a reciclagem pode ser efetuada em uma metade da largura da estrada durante o dia, e a largura toda, inclusive a pista reciclada, ser reaberta ao tráfego ao cair da noite. Essas vantagens fazem da técnica um processo atraente para a restauração de estradas, otimizando custos e tempo de processamento;

A qualidade do pavimento reciclado é possível com a nova tecnologia disponível chamada de "Espuma de Asfalto". Essa espuma é injetada na mistura, que pode ser brita ou solo, em temperatura ambiente para melhorar a resistência do asfalto.

Fonte: Ecopress (2005)

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon