segunda-feira, 30 de abril de 2012

Veja a imagem de um dos suspeitos pela morte de jornalista

Do Blog Luís Cardoso
  



Valdenio José da Silva (Veja foto divulgado pela TV  Mirante), preso como um dos suspeitos da morte do jornalista Décio Sá, permanece preso na SIEC. Ele continua aprisionado com um outro suspeito, Fábio Roberto Cavalcante Lima.

A prisão dos dois foi decretada pela juiza Alice de Sousa Rocha. Valdênio estava com uma arma de calibre 38.

A polícia levanta participação dele em outros crimes em alguns estados do Nordeste. Em pelo menos um já foi confirmado, como sendo participante de quadrilha de roubo de cargas.

Denúncias anônimas levara a polícia a apurar a sua participação na morte do blogueiro Décio Sá.

A Polícia ainda não confirmou a participação dele no assassinato de que foi vítima o jornalista
Os investigadores do caso desconfiam que Valdenio José da Silva seja o responsável pela  fulga do executor de Décio Sá.

Imagens cedidas por proprietários de casas nas proximidades do morro por onde o matador subiu para alcançar um carro que já o esperava, estão sendo trabalhadas por causava da péssima visibilidade. Por elas, é provável que o comparsa do assassino seja reconhecido.

O matador, pelas imagens recolhidas, entra em um carro e foge. Tudo foi milimetricamente tramado.
Compartilhe via:
Read More

Vereadora Francisca Aguiar cobra mais pediatras e médicos de plantão nos hospitais de Chapadinha


A vereadora do PV, Francisca Aguiar, da base aliada ao governo municipal, cobrou na semana passada, em sessão da Câmara Municipal de Chapadinha, melhor atendimento nos hospitais da cidade e, principalmente, o aumento do número de médicos de plantão.

“Sabemos que há muitos problemas em nossa cidade e não irei calar diante desta situação. O que mais luto é na parte da saúde, onde estou reivindicando, dizendo que tem erros e não posso me calar. O que mais tenho batido e sempre tenho pedido à nossa prefeita é para que tenha pelo menos o básico na hora das emergências, para que o povo seja atendido, que não falte material e que seja visto com carinho, a parte dos plantões dos médicos, pois há um grande número de pacientes nos hospitais e não pode ficar somente um médico de plantão. Tem que aumentar o número de plantonistas, para que o povo seja atendido pelo menos de forma razoável”, cobrou a parlamentar.

Francisca disse que anda muitos nos hospitais de Chapadinha, e vê o sufoco dos médicos, enfermeiros e auxiliares, na hora de atender os pacientes.

A vereadora cobrou também, mais médico pediatra para o HCC. “Muitas vezes o médico tem que fazer as consultas e realizar cirurgias. Assim acumula um número muito grande de pacientes e de serviço para eles, que não conseguem dar conta, pois os dias de atendimento são poucos na semana”, concluiu.
Compartilhe via:
Read More

Prefeitura de Anapurus entregará obras no Dia do Trabalho


Segunda, 30 de abril de 2012 
William Fernandes

 Amanhã, dia 1 de maio de 2012, quando se comemora o Dia do Trabalho, a prefeitura de Anapurus (32km de Chapadinha-MA), entregará várias obras à população.

Segundo a prefeita Tina Monteles, serão entregues, a partir das 16h, 31 unidades habitacionais, Sistema de Abastecimento de Água, escola com oito salas de aula, reformada e ampliada; poço artesiano na zona rural e uma biblioteca pública.

O residencial “Zé Bio”, localizado no Bairro Aeroporto, foi construído com recursos do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento (Ministério das Cidades). No local, foram construídos ainda, 1.400m² de pavimentação poliédrica.

Ainda no Bairro Aeroporto, a prefeitura ampliou e reformou o Complexo Educacional Dona Nerci Alves Monteles, que atende alunos do ensino fundamental e funciona também como Polo de Apoio Presencial da Universidade Aberta – UAB – Anapurus. São oito salas de aula, um grande auditório e excelente estrutura física.


A quadra poliesportiva da escola também está passando por uma reforma geral, com colocação de novo piso e novos equipamentos, mas será entregue em outra data.

No Bairro da Torre, a prefeitura está construindo, com recursos próprios, um sistema de abastecimento de água, que irá beneficiará centenas de famílias do próprio Bairro da Torre e de parte dos bairros Aeroporto e Turí 2. São 3 mil metros de rede de abastecimento, que irão solucionar o problema da falta de água destas comunidades.
No Centro da cidade, será inaugurada uma moderna biblioteca pública, que atenderá estudantes e comunidade em geral.

O povoado Centro dos Otílios, a 15km da sede, ganhará um poço artesiano, que será inaugurado na parte da manhã.
Compartilhe via:
Read More

Carta Capital: A sangue frio

O ar-condicionado do plenário Nagib Haickel não arrefecia a tensão entre os deputados maranhenses reunidos na sessão de quarta-feira 25. Dedos em riste, levavam para a sala climatizada a temperatura de uma manhã quente e abafada, típica do outono em São Luis.

 O motivo era a votação de um projeto para batizar uma avenida da cidade com o nome de Jackson Lago, o ex-governador morto no ano passado e que durante anos combateu a família Sarney – um projeto que em qualquer outra parte do mundo seria tema para vereadores, e não deputados.

O blog do jornalista Décio Sá, morto na segunda-feira 23


A aprovação da homenagem seria uma afronta ao padroeiro, representado ali pela base aliada da filha, a governadora Roseana (PMDB), e pelas palavras de sua lavra cravadas na parede frontal do plenário: “Não há democracia sem Parlamento livre – José Sarney”.

Não parecia o mesmo plenário que, um dia antes, levou praticamente toda a Assembleia Legislativa do Maranhão a vociferar contra o ato de barbárie cometido contra Décio Sá, o blogueiro mais conhecido do Maranhão – e, até a noite de segunda-feira 23, um jornalista praticamente intocável.

O crime acontece exatos 15 anos após a morte de um delegado, Stênio Mendonça, que chocou a população maranhense e deu início à CPI do Crime Organizado – e anos depois resultou em prisões e na cassação de deputados maranhenses. Pura ironia: foi durante a cobertura da CPI que Décio e outros jornalistas da mesma geração, formados na metade dos anos 1990 na Universidade Federal do Maranhão, consolidaram o nome da mídia local.

A indignação dos deputados deu espaço, no dia seguinte, à acalorada discussão sobre o nome da avenida. Aquela bolha de ar climatizado a tapear a alta temperatura afora era só o primeiro sinal do descompasso entre a realidade e a política da região.

Uma volta de dez minutos por São Luis é suficiente para perceber que havia assuntos mais urgentes a serem discutidas no plenário: da saída do aeroporto até a avenida Litorânea, onde o jornalista foi alvejado, o índice de desenvolvimento humano oscila como se o veículo circulasse entre o Sudão e a Suécia em poucos minutos.

Fora do belo prédio espelhado da Assembleia, a preocupação não era com os nomes a serem colocados na avenida: era a ação de grupos de extermínio a um estado já assolado pela miséria e insegurança.
O estado emprega um policial para cada grupo de 800 habitantes (a média brasileira é de um para 300).

No campo, onde a atuação policial é ainda mais limitada, a situação chega a ser assustadora: nas contas da Comissão Pastoral da Terra, nada menos do que 85 pessoas estão hoje ameaçadas de morte em razão de conflitos agrários em 29 municípios. No estado, 121 pessoas foram assassinadas desde 1985. Até hoje, apenas dois casos foram julgados, e nenhum dos mandantes está preso.

Crimes por encomenda. O caso de Décio se somou a uma série de assassinatos ocorridos desde outubro do ano passado. Naquele mês, um empresário foi morto por reagir a uma tentativa de grilagem de um terreno de sua propriedade numa das áreas mais valorizadas de São Luis. Com um tiro na nuca, foi encontrado enterrado numa cova rasa aberta em seu próprio terreno.

Pouco depois, dois irmãos, empresários de um grupo petroquímico, foram mortos por um motoqueiro que fugiu. Cerca de 15 dias atrás, um suposto traficante conhecido como Rato 8 (em referência aos oito assassinados dos quais era suspeito) morreu numa emboscada montada por homens armados dentro de um carro a cortar a mesma avenida onde Décio seria alvejado.

Outro crime da série foi registrado no município de Buriticupu, onde o líder rural Raimundo Borges foi morto com cinco tiros disparados por um motoqueiro. Em nenhum caso os mandantes ou executores foram presos, embora a polícia garanta que as investigações estejam avançando.

“Isso virou uma prática comum. Agora todos se deram conta da situação porque aconteceu com o Décio, uma pessoa conhecida da cidade”, afirma Diogo Cabral, advogado da CPT e secretário da Comissão de Direitos Humanos da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil.

Dessa vez os tiros acertaram um aliado do grupo que se reveza no poder do estado há pelo menos 40 anos. Décio Sá era notadamente um jornalista alinhado com a família Sarney – à boca pequena, colegas contam que ele era o único jornalista do estado a ter acesso à área VIP de Roseana Sarney na Sapucaí durante o desfile em homenagem a São Luis feito pela escola samba Beija-Flor.

Ex-correspondente da Folha de S.Paulo e depois colunista de O Estado do Maranhão, o diário da família Sarney, Décio colecionava inimigos devido à exposição de uma certa incontinência verbal em seu blog, um dos primeiros do estado. Por causa dele, transformou-se em persona non grata em muitos círculos – que, no Maranhão, se agrupam de forma bem delineada entre os amigos e inimigos dos Sarney.

No ano passado, não ousava aparecer na Assembleia Legislativa, onde policiais em greve acampavam como protesto. De sua trincheira, Décio emendava petardos em direção aos grevistas, que podiam ver o diabo na frente, mas não o blogueiro. Da mesma forma, evitou acompanhar o resultado da eleição para governador em 2006, quando Jackson Lago foi eleito. Do lado de fora do Tribunal Regional Eleitoral, cabos eleitorais prometiam uma surra no blogueiro caso aparecesse.

O jornalista Wilson Lima, repórter do portal iG e ex-correspondente de diversos veículos no Maranhão, conta que Décio era personagem até de charges publicadas nos jornais locais. Tudo por conta de seu perfil perfil “folclórico”. Numa delas, era retratado como um “homem-bomba” – um de seus bordões, ao fechar uma apuração, era que iria “detonar” determinado alvo.

Recentemente, Décio comprou briga até com os ex-colegas da Folha, atuando, segundo relato do próprio jornal, para derrubar a pauta dos repórteres que desembarcavam na capital maranhense em busca de noticias contra a família Sarney.

Em seis anos, se aproximou como pode do clã, mas colecionou inimizades pontuais a cada novo post. Nesse tempo, ele comprou briga até com cego que não era cego – quando revelou que um funcionário do Tribunal de Justiça havia passado em concurso na cota de deficientes alegando ser cego, o que Décio jurava de pé junto não ser verdade.

Décio era, segundo os colegas, uma pessoa bem relacionada mas de poucos amigos. Costumava ir para os bares sozinho para tomar suas long necks e estender o expediente por meio de telefonemas que só cessavam na madrugada. Um de seus favoritos era o Bar Estrela do Mar, onde foi morto. Ali, entre um telefonema e outro, ele costumava digladiar com as patas de caranguejos servidos com vinagrete e arroz de toicinho.

Medo. A reportagem de CartaCapital visitou o bar 36 horas após o crime. Apesar do clima de tranquilidade, ninguém ali parecia disposto a falar sobre o caso: a atendente baixava a cabeça, sem olhar para o repórter, quando questionada em qual mesa Décio estava sentado quando morreu. Em plena hora do almoço, o restaurante, um simpático quiosque aos pés da praia, estava vazio. O único movimento era de curiosos a diminuírem a velocidade ao passar pela avenida – e o alvoroço dos funcionários ao se reunir em frente ao aparelho de tevê para ver a fachada do estabelecimento estampada no noticiário.

Casqueiro (a versão maranhense para “marrento”), como descrevem os colegas, Décio não relatou, nos últimos dias, qualquer menção às ameaças. Estava acostumado a desdenhar os comentários mais acirrados que recebia em sua página eletrônica.

Décio tinha as costas quentes. Prova do prestígio do jornalista, capa dos principais jornais do Maranhão no dia seguinte, é que minutos após os disparos, o Bar Estrela do Mar já estava cercado de jornalistas e autoridades, entre elas o próprio secretário de Segurança Pública, Aluisio Mendes. A promessa de revide veio poucas horas depois, quando, dizendo-se chocada, Roseana prometeu capturar os autores do “ato de barbaridade”. Recuperando-se de cirurgia em São Paulo, Sarney pai também se manifestou. Mesmo convalescente, condenou a atrocidade (ele não citou as demais vítimas do desmando no estado) e declarou: o crime “atentava contra a democracia”.

Desmoralizada, a polícia prometeu um prêmio de cem mil reais para quem encontrasse o autor dos disparos. Não explicitou o assassino deveria ser encontrado vivo ou morto.

Conflitos de terra. Queima de arquivo, vingança, “bode expiatório”. O que não faltam, em São Luis, são palpites sobre as razões do assassinato. Em seus últimos posts, o blogueiro havia noticiado irregularidades na prefeitura de Turilândia, a prisão de assessores do Tribunal de Justiça, irregularidades em prefeituras do interior e a suposta participação de parlamentares em exploração sexual.

Mas a hipótese mais provável, levantada pelos próprios colegas de trabalho, é que a morte esteja relacionada indiretamente ao universo dos conflitos agrários. Dias antes de ser morto, Décio havia publicado reportagens contra um empresário de Barra do Corda, cidade do interior maranhense, suspeito de assassinar um líder rural. O empresário é filho do prefeito da cidade e iria a júri se não fosse uma estranha notícia publicada na véspera pelo blogueiro: quase todos os integrantes do júri eram ligados à família do acusado.

A publicação, com nome e “parentesco” dos jurados, melou o julgamento, afinal transferido para a capital – onde imagina-se que o empresário terá menos chances de sair ileso.
Quando foi atingido, Décio falava ao telefone com o vice-prefeito de Barra do Corda, Aristides Milhomem. Não parecia preocupado com possíveis ameaças: sentado numa cadeira do corredor próximo ao banheiro, estava desprevenido, de costas para a avenida, à espera de dois amigos: o também blogueiro Luis Cardoso (anti-Sarney) e o suplente de vereador Fábio Câmara, assessor da secretaria de Saúde do Maranhão.

 Entretido ao telefone, Décio não deu importância ao sujeito que desceu de uma moto à sua procura. Sem capuz ou óculos escuros, o que leva a polícia a suspeitar de que fosse um forasteiro, o assassino percorreu o corredor estreito do bar e conferiu onde estava o alvo. Passou por ele na ida ao banheiro. Na volta, deixou a encomenda: seis tiros disparados com uma pistola calibre 40, de uso da polícia. Em seguida, fugiu a pé, protegido pela ausência de câmeras de monitoramento ou policiamento.

Para despistar, cortou os barrancos de areia que serpenteiam a avenida e escondem os luxuosos prédios de uma área nobre encravada num bolsão de pobreza. Por ali, as únicas testemunhas eram um grupo de evangélicos a rezar no morro àquela hora da noite.

Ao saberem do burburinho sobre a morte do blogueiro, a reação de vários colegas foi a mesma: pegaram o telefone para tentar checar a notícia com a própria fonte.

Foram longos minutos em que o aparelho, de uso pessoal, vibrou e berrou em vão numa mesa do restaurante: aos 42 anos, Décio estava ao chão, com o rosto e o peito cravejado de tiros.
Morreu em combate: em uma das mãos, um outro celular, usado para trabalho, estava colado ao ouvido.

Instinto. A morte a tiros do jornalista, dentro de um bar de uma das mais movimentadas vias de São Luis, deixou desnorteado o grupo de repórteres políticos da região. A sensação, resumida por um deles, era: “se ele, que era querido pelos Sarney, morreu, imagine nós”.

O medo uniu, talvez pela primeira vez, sarneyzistas e oposição.
Marco Aurélio D’Eça, blogueiro e colunista político de O Estado, conviveu com Décio nos tempos de juventude, no bairro João Paulo, e, anos mais tarde, na faculdade, nas redações e bares para ouvir rock às sextas-feiras. As esposas são amigas e tiveram filhos na mesma época – a mulher de Décio está grávida novamente.

Segundo D’Eça, a morte do colega deixou em alerta o grupo de blogueiros do estado, formado por cerca de dez profissionais que, sozinhos e com estilo próprio (embora ligados a seus grupos), somam mais audiência que qualquer publicação local.

“Vou te dizer: estou com muito medo”, diz o jornalista. “No jornal, nunca recebi processos. No blog, em poucos anos já recebi cinco. Sem contar as ameaças: gente dizendo que sabe quem você é, o que faz, onde anda.”
Apesar do medo, Gilberto Léda, também blogueiro e repórter de política, é quem resume o espírito da imprensa maranhense após o golpe: “Todos estamos assustados, nossos amigos e familiares pedem para a gente ter cautela. Mas a tendência é não desanimar. Quando a gente escolhe essa profissão, sabe dos riscos. Corremos riscos por puro instinto”.

No Maranhão, em que pese a influência das oligarquias no jornalismo, este instinto é quase um ato de coragem: os assassinos, estejam onde estiverem, estão soltos, protegidos e prontos para a próxima.

Por Matheus Pichonelli
Fonte; Carta Capital

Compartilhe via:
Read More

Loja Sol & Korpo informa:


Tendências Para o Verão 2012, Moda Praia 2012

 
A Tendência para o Verão 2012, promete! Com tecidos leves e estampados, jovial e despojado agrada a todos. O verão é uma época de muita alegria e leveza. Podemos ficar mais a vontade, curtir uma praia e caminhar livremente sem preocupações com o tempo. O verão lembra mar, praia, férias, lazer e diversão. Inspirados nesse clima os estilistas criaram seus modelos alegres e coloridos.
 
Pelo visto os biquínis são peças que vão arrasar nas praias brasileiras. Valorizar seus pontos fortes usando o modelo que combina com o seu corpo. Verão 2012 com tecidos leves e coloridos!


Tão divertido quanto tirar férias o verão 2012 promete arrasar com suas roupas alegres e coloridas. A feminilidade continua em alta. A combinação das cores com a leveza das estampas é o caminho para esbanjar charme e personalidade.

A loja Sol & Korpo está com muita novidade pra você arrasar nesse verão. A loja está localizada na Rua Sebastião Barbosa, 408-A, centro.
3471-3349
Aguardamos sua visita.
Compartilhe via:
Read More

Carro bate em poste na Rua do Comércio

Segundo informações postadas no facebook, um veículo Pálio, que estaria em alta velocidade, com três ocupantes, bateu violentamente contra um poste, na Rua do Comércio, no Centro de Chapadinha, na tarde de ontem, domingo.


Não há informações sobre feridos. Além do prejuízo com os danos sofridos pelo carro, o proprietário ou o condutor do veículo, que causou o acidente,  terá que comprar um poste novo para colocar no lugar do que foi quebrado.
Compartilhe via:
Read More
     

Adolescente é apreendido traficando drogas em Chapadinha, MA


Sábado, 28 de Abril de 2012 

 O  adolescente infrator F.C.L.L de 17 anos, foi apreendido ontem (27),  pelo Serviço de Inteligência da 4ª Companhia Independente da PM. Os policiais abordaram o adolescente no bairro Vila Brasil, em Chapadinha, no momento em que ele estava quebrando algumas pedras de crack.

Gilete utilizada para cortar a droga/Foto: Blog CN1
Com o infrator, foram  apreendidos  55 (cinqüenta e cinco) pedras de crack, R$ 27,00 e uma motocicleta Honda Titan, cor preta, placa NHA-8678. Segundo a polícia, o menor já havia sido detido...
Compartilhe via:
Read More

domingo, 29 de abril de 2012

Caminhão com passageiros tomba na saída de Afonsos Cunha

Domingo, 29 de abril de 2012


De acordo com informações do  Portal Virou Notícia, um caminhão, em precário estado de conservação, que fazia viagens quinzenais para a sede de Afonso Cunha – MA,  transportando pessoas para fazer compras na feira, tombou no final da tarde da última sexta-feira, no trecho conhecido como “Ladeira do Luís Resende”, na saída da cidade, sentido Codó- MA.

 

De acordo com informações da PM, o acidente pode ter sido ocasionado por falhas mecânicas. Alguns passageiros, dentre eles crianças, tiveram várias escoriações.

 

Não houve vítimas fatais. O feridos foram encaminhados ao HAPA - Hospital Antonio Pontes de Aguiar, em  Chapadinha- MA. As vitimas com poucas escoriações foram atendidas no Centro de Saúde, em Afonsos Cunha. Populares ajudaram no socorro aos feridos.

Com informações do Portal Virou Notícia (Rafael Duarte)
Fotos: José Wiktor.
Compartilhe via:
Read More

Assassinado policial que atuava na investigação da morte de Décio Sá

Do Blog do Luis Cardoso


Foi assassinado na madrugada de ontem (sábado), um agente policial civil que estava participando da equipe que investiga  a morte do jornalista e blogueiro Décio Sá.
O policial de nome João de Jesus Lobato Santana vinha exercendo participação ativa nas investigações sobre o assassinato de Sá, executado no dia 23 deste em um bar na avenida Litorânea.
Lobato, assim que encerraram ontem as investigações, por volta das 22h, se desclocou até ao Kabão para tomar cerveja gelada. Distraido, o policial foi executado por uma pessoa que estava na garupa de uma moto. O crime tem todas as características de que foi praticado por pistoleiros de alugel.
Policiais estão neste momento realizando uma pesada operação para prender um dos suspeitos que estaria no bairro Barreto. Aguarde em minutos mais detalhes.


Morte de policial que investiga o caso Décio Sá foi latrocínio




A polícia concluiu que a morte do agente João de Jesus Santana Lobato, da delegacia de Homicídios, que investigava a execução de que foi vítima o jornalista Décio Sá, foi um crime de latrocínio, roubo seguido de morte.
O policial estava em uma lanchonete no Anel Viário, nas proximidades do Kabão quando dois elementos tentaram roubar a moto que era conduzido por ele.
Um dos bandidos atirou contra o policial na região do abdomem durante a madrugada deste sábado. Levado ao hospital, ele faleceu por volta das 5 horas.
A polícia ainda permanece no Barreto, mas continua dando buscas numa rua do João Paulo, onde reside um filho de uma odontóloga, que seria o principal suspeito do crime contra o policial. A moto roubada foi encontrada no Barreto.
Compartilhe via:
Read More

Prefeito de Bacabeira sofre acidente na BR-135


O prefeito do município de Bacabeira, José Venâncio Correa Filho, sofreu um acidente na BR-135 no trecho do povoado Periz de Cima na madrugada deste sábado (28).
José Venâncio foi trazido para São Luís e está internado em um hospital particular. O prefeito teve escoriações no corpo e um profundo corte na cabeça. Segundo os médicos, o quadro de saúde dele é considerado estável e sem risco de morte.
De acordo com testemunhas, o prefeito estava em uma caminhonete e capotou o veículo quando voltava para casa. Ele teria recebido uma ligação de que sua residência estaria sendo assaltada.
Compartilhe via:
Read More

sábado, 28 de abril de 2012

Aluna é flagrada sem calcinha em sala de aula

Dá pra perceber que foi proposital.

 Fotos de uma universitaria que mostra toda sua beleza sem vergonha dos cliques,ela se exibe pra mostrar que está sem calcinha.




Compartilhe via:
Read More

Opinião: A Eles Só Resta Tentar Atacar

Antes, certos da vitória, eles atacam tudo e todos
que ousarem discordar das suas pretensões

"Para criar inimigos não é necessário declarar guerra, basta dizer o que pensa"(Martin Luther King Jr.)

 Por: Eduardo Braga - Jornalista 

Costume-se dizer que na política explicar é perder tempo porque seu adversário não quer ouvir suas razões e para o seu aliado não precisa explicar, ele confia em você. De qualquer forma, devo satisfações ao público, que servi como secretário de Assistência Social, e, admito, causa-me um certo prazer rebater argumentações tão distorcidas e acusações tão frágeis.


Nos últimos dias fui alvo de uma campanha orquestrada que tenta em vão ferir minha credibilidade. Não me espanta, nem me intimida. Os ataques são fruto da minha atuação política, que tem incomodado os que não contam com o meu apoio e do meu partido, o PT, para trazer de volta ao poder a truculência, a mentira e o atraso.


Na defesa cega do grupo político de Isaías, o homem que atrasava salário porque queria ser bom demais, o professor Enedilson, aquele que não gosta de sala de aula, escreveu recentemente texto no qual só faltou me culpar pelo assassinato do jornalista Décio Sá. Falou da minha vida pessoal e tentou fugir do óbvio: não foi trabalhar, teve o salário cortado, de acordo com a lei.


O Dr. Ernani Maia, porta-voz de Isaías no facebook, por sua vez, inventou uma investigação na qual eu seria acusado de ter beneficiado com intenções eleitorais 300 famílias no programa “Minha Casa, Minha Vida”.


Poderia até me poupar o trabalho de responder a provocação, visto que o parlapatão, covarde que é, não teve a coragem sequer de citar meu nome na sua escrita. A coragem, meu caro, é característica condicionante para quem quer posar de herói, a História não costuma perdoar quem falta com ela.


Para se ter idéia do absurdo, a suposta investigação, da qual ele chega a dar informações precisas, estaria sendo realizada pela Caixa Econômica Federal. Ora, além de aprovadas no Cadastro Único dos Programas Sociais (CadUnico), cada uma das mil famílias beneficiadas pelo programa em Chapadinha teve elaborado um dossiê com todos os seus documentos aprovados pela própria Caixa Econômica Federal atestando que se encaixam no perfil do programa. A acusação que pesaria contra mim, portanto, pesaria igualmente contra quem estaria investigando.


Segundo a própria CAIXA, não há nenhuma investigação desta natureza, muito menos meu nome está sob suspeita pela entidade. Mas não pode ficar por isso mesmo. Como o inocente acusado é sempre o mais interessado na investigação, procurei o Ministério Público hoje e protocolei pedido de investigação. Fica a dica: denúncia é pra ser investigada pelos órgãos competentes, não é pra servir de cambalacho.


Confiando que o Ministério Público, e não um fórum do facebook, investigará as denúncias com isenção e o rigor necessário, lanço um desafio ao defensor-mor de Isaías e sua trupe:Se for comprovado que favoreci uma única pessoa no programa, eu retiro a minha pré-candidatura e pedirei voto para sua pré-candidata. Caso contrário, o inverso. Será que ele topa?


Tenho certeza que não topará. O episódio é apenas uma desesperada tentativa de mostrar serviço ao seu grupo político e garantir seu lugar na fila para ser um dos doze secretários de Saúde do possível futuro governo Isaías-Dulcilene.


Sei que outros ataques virão e até piores. Eles queriam que eu ficasse calado vendo os cupinchas de Isaías falando em ética e moralidade como se isso fosse a coisa mais normal do mundo. É muito difícil...


Como eu não vou me calar, continuarei incomodando e muito. Já soube, inclusive, que há serviçais destacados para a tarefa de acompanhar todos os meus passos durante a campanha eleitoral e gravar tudo para tentar cassar um possível mandato, é me dar muita importância mesmo. O episódio que ocorreu na escola Dr. Almada Lima Filho no dia da eleição de 2010 mostra que não sou eu quem devo temer flagrantes.


É lamentável ver o árduo trabalhador dentista tentando formar opinião se valendo das mesmas práticas pebas de sempre. Não lhe cai bem este papel.
Compartilhe via:
Read More

Motociclista provoca grave acidente no Areal


Sábado, 28 de abril de 2012 - 
Por William Fernandes 
Ontem, por volta das 23h10, o pedreiro Maurício de Araújo dos Santo, de 21 anos, morador do residencial José de Sousa Almeida, perdeu o controle da moto em que andava e atropelou uma criança, na rua que dá acesso ao estádio Lucídio Frazão, próximo ao posto Delta, no Bairro Areal.

Testemunhas disseram que o motociclista andava em alta velocidade e apresentava sintomas de embriaguês. Ambos foram socorridos por policiais militares e guardas municipais e levados ao HAPA.

Guardas disseram que Maurício chegou a “apagar”, mas foi reanimado, antes de chegar ao hospital. A criança teve pequenas escoriações. Maurício sofreu vários ferimentos, principalmente no rosto e na cabeça.
Compartilhe via:
Read More

Acidente próximo à prefeitura de Chapadinha

Sábado, 28 de abril de 2012 - 10h

Por volta das 9h40, aconteceu um acidente envolvendo uma moto e uma bicicleta, na Avenida Presidente vargas, em frente  prefeitura de Chapadinha.

Uma garota e um homem foram levados ao HAPA com leves ferimentos e liberadas em seguida. De acordo com informações de testemunhas, uma moto Biz, conduzida por um estudante bateu em um ciclista que tentava atravessar a avenida, sem observar.

O ciclista disse não lembrar do que aconteceu. O condutor da moto disse que trafegava na Avenida, sentido Centro, quando o homem entrou na avenida sem parar. 
Compartilhe via:
Read More

Prefeitura realiza aula inaugural da escola do Residencial José de Sousa Almeida


Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012 - Por CN 1

Pais, alunos, professores, secretários e  moradores do residencial José de Sousa Almeida, participaram na tarde desta sexta-feira (27), da aula inaugural da mais nova escola  da cidade de Chapadinha,  a  Unidade Integrada  "Coronel Joaquim Nunes”.





Foto: Blog CN1
Foto: Blog CN1
A escola possui seis salas e vai atender cerca de 450 estudantes da educação infantil e ensino fundamental que foram transferidos de outras escolas da rede municipal de educação por causa da mudança de residência dos pais  beneficiados pelo Programa Minha Casa Minha Vida.


Dona Jayana (foto), mãe de sete filhos morava no bairro São José, ela foi uma das beneficiadas do programa e teve que  mudar para o residencial. A principal preocupação dela era matricular os filhos próximo de casa. “Aqui é muito longe, não tem transporte,  só uma bicicleta. Eu  não tinha matriculado meus filhos em outra  escola, esperando esse dia”, afirmou a dona de casa.

Foto: Blog CN1
Para a secretária de educação Enir Ferreira Lima, a escola é um ganho siguinificativo para a comunidade do Residencial José de Sousa Almeida, uma vez que mil famílias residem no local. “Nós já temos alunos matriculados da educação infantil ao oitavo ano. Não obtivemos números suficientes para formar a turma do nono ano.  Mas, há uma grande expectativa  que   nos próximos dias a gente consiga matricular alunos na EJA – Educação de Jovens e Adultos no turno noturno e também alunos do ensino médio em  parceira com a secretaria de estado da educação”, frisou Enir Ferreira.

Foto: Blog CN1
A prefeita Danúbia Carneiro, resaltou a importância da escola para comunidade.“ O importante é que nós estamos  acolhendo quase 500 crianças e adolescentes. Eu vi um brilho especial nos olhos desses meninos e meninas nesta escola, pra mim, um  momento todo especial compartilhada com todos os presentes nesta cerimônia”, disse Danúbia.

O vereador Samuel Nistron, representando a câmara municipal, destacou o projeto da escola  que seguiu  um padrão determinado pelo ministério da educação. “Participar desse momento e da execução desse projeto que passou pela câmara  é  importante para esses pais que fizeram questão de prestigiar o evento. Parabenizo, professores e  alunos desta escola”,  afirmou o parlamentar.  

Foto: Blog CN1
A Unidade Integrada “Coronel Joaquim Nunes”, dispõe de uma completa infra estrutura como biblioteca,  área de recreação, banheiros (inclusive para pessoas especiais), cozinha e salas especiais. As aulas terão inicio na próxima segunda-feira, (30).


Compartilhe via:
Read More

sexta-feira, 27 de abril de 2012

“Saidinha Bancária”. Bandidos abordam cliente e levam mais de cinco mil reais de vítima no centro de Chapadinha, MA


Por CN1 Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012

A vítima sacou mais de 5 mil reais

A “saidinha bancária” fez  mais uma vítima na cidade de Chapadinha. Uma mulher que não vamos revelar o nome e  que reside no povoado  Arraial, zona rural de Brejo, MA tinha acabado de sacar cinco mil e seiscentos  reais de uma agência  bancária na cidade. 

Segundo  relatou a vítima para os policiais da Força Tática , após realizar o saque na  agencia do Banco do Brasil,  a mulher  foi  abordada por um casal na Praça da Bíblia no centro da cidade, por volta das 12h25  que simularam a perda de um envelope contendo dois cheques  em nome de Jonatha Divino Medeiros Matos.  Praça...
Compartilhe via:
Read More

Jovem tem moto tomada de assalto por dois elementos na cidade de Chapadinha, MA


Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012 


 O vendedor Ezequiel Ramos de Sousa, 23 anos teve sua motocicleta tomada de assalto por dois elementos desconhecidos na noite de ontem (26), por volta das 21h20  quando transitava na Travessa Eurico Dutra, próximo ao colégio Paulo Ramos no bairro Aparecida em Chapadinha. 

De acordo com os policiais da Força Tática que atenderam a ocorrência, a vítima foi surpreendida por dois bandidos. Um deles armado,  apontou o revólver em sua direção da vítima,  pedindo que ele entregasse a motocicleta. 

O vendedor desceu da moto e saiu correndo, os bandidos fugiram levando o veículo. As características da motocicleta são as seguintes: Moto Honda Fan, 150...
Local do Assalto/Foto: Blog CN1
Compartilhe via:
Read More

Raça Negra emociona fãs em Chapadinha


Sexta, 27 de abril de 2012
Por William Fernandes 

O grupo de pagode Raça Negra, que surgiu em São Paulo, no início da década de 1980, e já vendeu mais de 30 milhões de cópias, fez um show na madrugada desta sexta, pela primeira vez em Chapadinha, na Quadra do FAC.

Com músicas românticas, a banda envolveu o público que veio de várias partes da Região. As músicas eram acompanhadas com muito entusiasmo pelos fãs, que vibravam a cada vez que o vocalista, Luis Carlos, iniciava outra.

Músicas como É Tarde Demais, É o Amor, Será, O Que eu Faço Sem Você, Me Leva Junto Com Você e outras fizeram parte do repertório que durou exatas duas horas.

Durante o show, o cantor Luis Carlos apresentou seu filho, Rafael Carlos, que cantou algumas músicas e agradou o público.

De positivo, a sensação de ver em nossa cidade uma banda consagrada ao longo de quase trinta anos de carreira e com sucessos que embalaram muitos romances. Mas faltou mais empolgação e energia por parte do vocalista, que parecia cansado e não se envolvia muito com o público, que esperava um pouco mais.

De quebra, muitos fãs saíram irritados por terem sido maltratados pelos seguranças (da banda) na hora de encarar uma desorganizada fila para tentar uma foto ou autógrafo do cantor. Pouquíssimos tiveram o privilégio de posar ao lado dele.

A alegação da produção do grupo é a de que o cantor estava cansado em função dos muitos shows na turnê nordestina. Fãs gostam de seus ídolos, mas também querem ser bem tratados.

De parabéns, a produção do evento, que tinha à frente, os promoters Marilene Pinheiro e Carlinhos “Mãozinha”, que se empenharam ao máximo para trazer à região, uma banda desejada pelo público durante décadas.

De acordo com Marilene, em maio será realizada mais uma edição do “Forró das Antigas”, desta vez, com as bandas de forró Líbanos e Tropicália.
Compartilhe via:
Read More