Morre Durvalino, mais antigo fotógrafo de Chapadinha

Chapadinha, quarta, 11 de baril de 2012 - 6h

Durvalino Cardoso Lopes, ou simplesmente “Duvalin”, de 73 anos, o fotógrafo mais antigo de Chapadinha, morreu ontem, 10, por volta das 22h, no HAPA.

Ele era diabético e cardíaco. Quando foi levado ao hospital, estava com febre, falta de ar e sentindo muito frio. Foi levado ao balão de oxigênio, mas não resistiu por muito tempo, vindo a falecer cerca de 10 minutos depois, segundo familiares.

O velório está sendo realizado na residência da família, à Rua Gustavo Barbosa, em frente ao Salão do Aguinaldo.

O sepultamento está previsto para hoje, às 17h, no Cemitério São Judas Tadeu, o “Sozinho”, no Bairro Campo Velho..



Esta foto ao lado foi tirada recentemente, no bar do seu grande amigo Amadeu, a quem visitava praticamente todos os dias, para bater papo e comer um torresminho, escondido da família.

Seu Amadeu conta que também brigava com ele, ao que Durvalinho respondia: "Tú tá é sovinado essa 'porqueira', Amadeu?"

Vai fazer muita falta aos amigos e familiares, mas viverá para sempre na memória de todos, como uma lenda da fotografia em Chapadinha.

Ainda hoje, muita gente é chamada de "Duvalin" quando vai fotografar alguém, sempre em referência a ele. Até mesmo quem não o conhecia, já tinha ouvido falar dele.

Quando ia fotografar alguém, Durvalino fazia questão de dizer a célebre frase: "Olha o passarinho!"

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon