sábado, 19 de setembro de 2015

Vereadores de Chapadinha cobram mais segurança na cidade; Márcia vai promover reunião com autoridades e empresários para discutir questão

A sessão da Câmara Municipal de Chapadinha, na última quinta, 17 de setembro, teve como tema principal a falta de segurança nas ruas da cidade. Praticamente todos os vereadores que usaram a tribuna cobraram ações mais efetivas, por parte do governo do estado, no sentido de coibir a crescente onda de violência que vem assustando a população. 

A presidente da Câmara, Márcia Gomes, engrossou o coro e disse que vai solicitar uma reunião envolvendo autoridades policiais, políticas, representantes da Justiça e do Ministério Público e comerciantes, para que discutam a questão. Ela voltou a falar da instalação de câmeras de segurança em pontos estratégicos da cidade para tentar inibir a ação dos bandidos, que aterrorizam a população em qualquer lugar e a qualquer hora do dia.

A ideia é fazer um orçamento e dividir com empresas e poder público. Márcia citou o exemplo de Buriti/MA, que tem câmeras de monitoramento nas entradas da cidade. “Se tivéssemos câmeras em nossa cidade, saberíamos quem pratica crimes, pelo menos e alguns pontos críticos da cidade. Temos que fazer algo. O que que não pode é todos ficarmos de braços cruzados”, disse a presidente.


Márcia também criticou a Caema, pela falta de respostas quanto à problemática da falta de água em Chapadinha. “Foi feita uma reunião na prefeitura, prometeram colocar em funcionamento pelo menos dois poços profundos, mas até agora nada de minimizar o problema. Disseram que o presidente da Caema viria a Chapadinha na semana seguinte, para ver a situação de perto e ouvir as demandas do município e nada disso aconteceu”, criticou a vereadora.
Compartilhe via: