segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Flávio Dino finalmente abre as portas para Belezinha e se compromete em desbloquear obras para Chapadinha

Por blog WF

Não foi fácil. Era grande a pressão de aliados que tentavam, a todo o custo, fazer com que Flávio Dino mantivesse as portas fechadas para o governo Belezinha em Chapadinha. Mas o governador do Maranhão não resistiu à crescente onda de críticas e resolveu ceder e aceitar conversar, como político maduro, com a gestora chapadinhense. Claro, a ciumeira vai ser imensa, mas fazer o quê? Chapadinha também é Maranhão e não teria como Dino mandar nada para o município, sem ter que passar pela prefeita.

Como já foi dito aqui neste blog, o comunista recebeu a prefeita de Chapadinha, acompanhada do deputado Zé Inácio e do secretário de Articulação Política do município Aluízio Santos. Belezinha não foi mendigar, nem pedir nada de extraordinário. O que ela queria, era apenas que o governador destravasse as ações que vinham sendo executadas no município, desde a gestão de Roseana, e que causaram um enorme prejuízo à população, em todos os sentidos.

Centenas de pais de famílias que trabalhavam nas diversas obras paralisadas foram dispensadas, proporcionando um impacto negativo na economia local. Mas, diante das reivindicações de Belezinha, administradora do maior município das regiões do Baixo Parnaíba e do Alto Munim, o governador entendeu que não deveria governar apenas para atender aos interesses de determinados grupos políticos que o apoiaram, mas sim, para todos os maranhenses, tenham ou não votado nele.



Assim, ficou acertado que serão retomadas muitas obras, como 6 km de asfalto para  Chapadinha, pagamento do restante do convênio de 3 sistemas de abastecimento de água, pagamento do restante do recurso do convênio da reforma do Mercado Central, agilidade na conclusão das obras dos Sistema de Abastecimento de Água e de ampliação da barragem de Itamacaoca e do Hospital Regional de Chapadinha, cujas obras já passavam de 75% quando Flávio Dino assumiu o governo. A previsão de entrega do hospital é para março de 2016. Vamos esperar... e cobrar também.

O governador Flávio Dino também garantiu que, a partir de janeiro de 2016, entrega o CRAS e o CREAS mobiliados e com automóvel, além de iniciar, o mais rápido possível, as obras do Centro de Hemodiálise, do IEMA e do Núcleo Tempo Integral da Educação de Chapadinha.

Se Flávio Dino cumprir, vamos elogiar sua mudança de atitude e reconhecer sua maturidade política, ao contrário de alguns, que preferem virar as costas para os avanços e transformações, limitando-se a repetir a surrada frase: "não fez mais que sua obrigação". 
o
Compartilhe via: