sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Proerd 2015 encerra com formatura de 522 crianças, em Chapadinha

Foram 4 meses de curso para 522 alunos, de 9 a 12 anos de idade, de dez escolas da rede municipal. O curso é realizado pela PM, em parceria com a prefeitura de Chapadinha.

William Fernandes - Secom


Foi realizada na manhã desta sexta, 18, no ginásio de esportes Nonato Vale, em Chapadinha, a formatura de mais uma turma do PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, desenvolvido pelo 16º Batalhão de Policia Militar do Maranhão em Chapadinha. Foram certificados 522 alunos de dez escolas da rede municipal (Agostinho Ribeiro, Ana Fortes, Acelino da Silva, Chapada das Mulatas, João Gomes, Tancredo Neves, Isaias Fortes, Coronel Joaquim Nunes, Agustinho Ribeiro e Goncalves Dias).

O PROERD tem como objetivo transmitir uma mensagem de valorização à vida, e da importância de manter-se longe das drogas e da violência. Os instrutores Sargento Ariel e Cabo Satil utilizam em sala de aula uma metodologia desenvolvida especialmente aos jovens e crianças.
Ao longo do Programa, as crianças foram ensinadas a como resistir às drogas, jamais experimentar nenhuma delas, sabendo dos riscos que vão correr caso venham a usá-las, não ceder as pressões de falsos amigos e colegas, controlar a tensão, ajudando os outros com o que aprenderam e sabendo obter ajuda através da rede de pessoas em quem podem confiar.

Ao final do curso todos os alunos escreveram uma redação, falando sobre os conhecimentos adquiridos. As dezessete melhores redações foram premiadas com placas, onde três crianças fizeram a leitura da redação, a aluna Ana Cristina Monteles, representou a escola  Tancredo de Almeida Neves, o aluno Wilky Tiago, representou a escola Aldalina Silva Machado e o Sargento Ariel fez a leitura da redação da aluna especial Tamires Dourado.


Estavam presentes ao evento a prefeita Belezinha, a secretária de Educação, Maria Coelho, o comandante do 16º BPM, Coronel Glauber Miranda, o comandante da Área 7, Cel. Mariano Neto, o Sargento Barroso, um dos primeiros incentivadores do Proerd no Maranhão, além de outros oficias da PM e de vários secretários municipais.
Durante a cerimônia, houve homenagens aos alunos que fizeram as melhores redações sobre o programa e teve ainda a peça “Leilão de Almas” apresentada por alunos do Colégio Tancredo Neves.


A prefeita Belezinha parabenizou a todos os envolvidos no desenvolvimento do programa, inclusive aos pais, por motivarem seus filhos a participarem, e destacou a importância da parceria entre a prefeitura e a PM. “Nosso governo está de portas abertas e pronto para colaborar com todos os programas que visem erradicar as drogas em Chapadinha”. Disse a gestora.

Belezinha lembrou também que Chapadinha está prestes a ganhar uma fazenda para recuperação de drogados, numa parceria da prefeitura com as igrejas católica e presbiteriana.

O Cel. Glauber falou da felicidade de ver tantas crianças participando do programa e rendeu homenagens à prefeita Belezinha, à secretária Maria Coelho e à coordenadora pedagógica do município, Romênia Mendes Silva, que receberam a placa “AMIGO DO PROERD”. ”Sem o apoio de vocês, não seria possível desenvolvermos este projeto em Chapadinha”, disse o comandante do 16º BPM, que valorizou também o envolvimento dos policiais, os cabos Satil, Abílio, Ariel e Tenente Paiva.


O Coronel Mariano ressaltou a “família vigilante” como fator importante na formação das crianças e destacou o “amor e o compromisso dos policias e dos professores pela educação dos nossos jovens” e finalizou parabenizando os pais por inserir os filhos no Proerd.  


No fim do cerimonial os alunos receberam os certificados que simbolizam, não somente a participação no programa, mas, principalmente a compromisso de dizer "não às drogas e a violência". Representando as turmas, o aluno Anderson da escola Coronel Joaquim Nunes proferiu o juramento do PROED
Compartilhe via: