quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Nota de Retratação do 16° BPM de Chapadinha

16° BATALHÃO DE POLICIA MILITAR - MA



"O 16º Batalhão vem formalmente e publicamente se retratar pela publicação de uma matéria relatando ocorrência que fora publicada de maneira equivocada quanto aos dados, divulgada no dia 31 de Dezembro de 2015 em blogs da região envolvendo o Senhor Sócrates Gomes Alves, 35 anos. Gostaríamos de reforçar que em nenhum momento tivemos a intenção de ofender a moral e a dignidade da pessoa, que por um erro de digitação expôs a pessoa do Sr. Sócrates.

DA OCORRÊNCIA 

Ressaltamos que na quinta-feira, dia 31/12/15, a guarnição no patrulhamento pela cidade, recebeu informação que houve um assalto a mão armada, cujo vítima foi o filho do Senhor Sócrates além de outras pessoas que estavam com celulares na mão, o fato se deu na Av. Gustavo Barbosa. A equipe policial deslocou até o local informado e localizou um menor imobilizado pelo Senhor Sócrates, pai da vítima, onde outro assaltante conhecido por "Cléber soldador" conseguiu evadir-se do local utilizando um veículo celta de cor preta, levando os celulares das vítimas e a arma usada no assalto. A guarnição deslocou-se até a residência do menor de idade e ao fazer busca no interior da residência foi encontrado cartuchos calibre .38 intactos e uma motocicleta trax cor preta.

Não aconselhamos nenhum cidadão comum intervir em ocorrência policial pelo simples fato de que a polícia é quem deve estar preparada profissionalmente para atender estas ocorrências, mesmo com o risco da própria vida, no entanto a conduta do Sr. Sócrates, que na defesa do próprio filho, o conduziu emocionalmente para prender o assaltante, que posteriormente foi conduzido pelos policiais militares.

DA RETRATAÇÃO

Gostaríamos de aproveitar esta nota para ressaltar que não só reconhecemos o erro, como admiramos a importância crescente do papel do cidadão na colaboração com a Polícia no cotidiano da rotina policial, seja nos ambientes profissionais, como na vida hodierna em sociedade.


Desde já fica aqui nossa retratação ao Senhor Sócrates Gomes Alves pelo equívoco da publicação e o pedido de desculpas à família."



Compartilhe via: