terça-feira, 26 de abril de 2016

Sampaio vence Corínthians e sagra-se campeão brasileiro de basquete feminino


O Sampaio Corrêa Basquete é o novo campeão da principal campeonato de basquete feminino do Brasil. Na noite desta terça-feira (26), contando com a forte presença de sua torcida no Ginásio Castelinho, o time maranhense venceu o Jogo 4 da Final contra o Corinthians/Americana, por 78 a 50, fechou a série em 3 a 1 e conquistou o título da temporada 2015/2016 da Liga de Basquete.
Em sua primeira temporada no basquete, o Sampaio Corrêa venceu a série Final contra o Corinthians por 3 a 1 e fechou a sexta edição da LBF com o título do principal campeonato de basquete feminino do Brasil.
Campeão da Liga Sul-Americana 2015, do campeonato estadual de São Paulo e agora com o vice-campeonato da sexta edição da LBF , o Corinthians/Americana fechou a temporada 2015/2016 com grandes números.
O duelo começou com as duas equipes apresentando desempenhos muito parecidos. Na segunda metade do período inicial, o Sampaio abriu seis pontos de vantagem depois de dois arremessos certeiros seguidos da norte-americana Wheeler. O time do interior do Estado de São Paulo conseguiu se recuperar no placar, mas nos instantes finais as donas da casa fecharam o primeiro quarto na frente (22 a 16).
A história do início do primeiro período se repetiu durante todo o segundo quarto. Mostrando defesas fortes, Sampaio e Corinthians frearam um o ataque do outro e o período foi equilibrado durante os dez minutos. No final, melhor para o Sampaio que foi para os vestiários com os mesmos seis pontos de vantagem (36 a 30).
O intervalo fez muito bem ao Sampaio Corrêa. Com boa atuação coletiva de Iziane, Karina e Ramona, o time maranhense anotou os seis primeiros pontos do terceiro período e aumentou sua vantagem no placar para 12 pontos (42 a 30).
Mesmo depois do Corinthians mostrar poder de reação, o time maranhense seguiu mandando no jogo e fez o Ginásio Castelinho explodir depois do arremesso certeiro da pivô Karina, que colocou 16 pontos de vantagem no placar (48 a 32).
Empurrado pela torcida, a equipe maranhense dominou a partida até o último minuto, não deixou que o Corinthians conseguisse reação, só aumentou sua vantagem no placar e fechou o jogo soltando o grito de campeão da temporada.
Uma das grandes armas do Sampaio Corrêa durante toda a sexta edição da LBF, o Ginásio Castelinho fez a diferença novamente. Contando com mais de seis mil torcedores ao seu lado, o time maranhense fez seu ‘dever de casa’ e saiu de quadra com a vitória que rendeu o título da Liga.
Falando no Sampaio jogando ao lado de sua torcida, o time maranhense fechou sua participação na sexta edição da LBF com aproveitamento de 78,5% em jogos no Ginásio Castelinho, com campanha de 11 vitórias em 14 jogos disputados.
Dona de grande história como atleta, a cubana Lisdeivi Pompa adicionou mais um troféu para sua brilhante carreira no basquete. Depois de vencer quatro títulos nacionais seguidos como atleta (2004, 2005, 2006 e 2006), Lisdeivi conquistou o primeiro troféu de sua curta carreira como técnica.
Campeã da última temporada da LBF vestindo a camisa do Americana, a ala Palmira, do Sampaio Corrêa, sentiu o gosto de subir no lugar mais alto do pódio pela segunda vez seguida.
Segunda maior cestinha e uma das jogadoras históricas da LBF, Iziane saiu de quadra nesta noite com o primeiro título do campeonato nacional de sua carreira. Antes desta temporada, a experiente ala nunca havia passado da fase semifinal dos playoffs do campeonato.
Depois do Sport Club do Recife vencer a LBF , em 2013, o Sampaio Corrêa se tornou o segundo time da Região Nordeste do Brasil a ser campeão do principal campeonato de basquete feminino do Brasil.
Durante toda a temporada 2015/2016 da LBF o Sampaio Corrêa não perdeu duas partidas seguidas na competição. Ao todo foram cinco derrotas na fase de classificação e duas nos playoffs, e resultado positivo em todos os jogos seguintes.
L
Compartilhe via: