sábado, 21 de maio de 2016

Chapadinha contra o abuso e exploração sexual infantil!


O 18 de maio é o dia nacional de combate ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil e para chamar a atenção de toda a sociedade pra esse problema a Prefeitura de Chapadinha, através das secretarias de Educação e Assistência Social, realizou em parceria com o CREAS, Ministério Público, CRAS e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, uma caminhada pelo centro da cidade, na tarde da última quarta-feira ( 18 ).
 

Com faixas e cartazes o grupo, que contou com a participação de estudantes de várias escolas da rede municipal de ensino, divulgou sua mensagem pedindo o fim do abuso e exploração sexual de crianças e alertou para a importância da denúncia.

Por Suzenne Costa e Blog do Valdivan Alves

Crianças, adolescentes e representantes de movimentos sociais participaram da Caminhada de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, no centro da cidade de Chapadinha, na tarde desta quarta-feira (18).



O evento fez parte a programação de atividades alusivas ao 18 de Maio - Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil. A iniciativa das secretarias municipais de Educação e Assistência Social contou com o apoio do CREAS, Ministério Público, do CRAS e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente. Estudantes de várias escolas se uniram para pedir “um basta” nos crimes sexuais praticados contra vítimas infanto-juvenis.

A caminhada saiu da Praça da Bandeira e foi encerrada na Praça Irineu Veras Galvão (Pça. do Povo). Faixas e cartazes, com frases alertando para a importância em denunciar casos de abuso sexual infantil, foram exibidas durante todo o percurso.



Para Maria Coelho, secretária municipal de Educação, essa ação é um resultado de todo esforço do conjunto de todas as secretarias municipais e do CMDCA. “Quero neste momento agradecer todas as escolas municipais, especialmente nossas crianças, hoje vemos aqui parodias, poesia, jograis produzidas por elas próprias sobre a temática. Também quero agradecer toda a equipe da Educação que é baluarte que está junto em todos os momentos, eu vejo assim, uma forma para combater essa violência, devemos está todos juntos porque separados, individualmente não se combate nada, mas juntos sim, pois formamos uma grande trincheira contra essa violência que é uma coisa ruim que marca profundamente para sempre nas vidas e as mentes de nossas crianças, é uma marca que danifica sua infância e sua adolescência que poderia ser vivida de outra forma, e as vezes são vividas na pior possível.



A Secretaria fez uma grande mobilização junto as escolas do município para esse evento, aproveito também para agradecer a nossa gestora, pela forma que ela apoia esses movimento, a prefeita Belezinha sempre está aberta para que esses movimentos se desenvolva da melhor maneira possível com essa junção de toas as secretarias do governo municipal”. Finalizou a secretária de Educação.

Segundo Leví Costa, presidente do Conselho Tutelar, essa ação que foi realizada é de grande importância para o município, pois é uma maneira de despertar a atenção da população para um caso de grande preocupação para sociedade. “É necessário que a sociedade se engaje em prol das crianças e adolescentes do nosso município, pois é preocupante só neste ano já foram registrado 17 casos de violência contra crianças e adolescentes no Conselho Tutelar, e o Conselho está atuante no município, pois todos esses casos foram tomada as devidas providencias e encaminhando a justiça. O Conselho quase todos os dias recebe novas denuncias sobre violência contra as nossas crianças, e o conselho sai em busca de verificar a veracidade dos fatos e levando ao conhecimento as instancias judiciais para as devidas resoluções.” Disse Levi Costa.
Compartilhe via: