quinta-feira, 23 de junho de 2016

Ex-atacante do Botafogo é preso acusado de estuprar quatro adolescentes no Tocantins

JOBSON

O jogador de 28 anos, Jóbson Leandro Pereira de Oliveira, foi preso nesta quinta-feira (23) em cumprimento a um mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça de Conceição do Araguaia, no Pará. Oliveira foi preso sob acusação de estupro de quatro adolescentes.
A ordem de prisão foi decretada pelo juiz da Comarca, Marcos Paulo Sousa Campelo. Um quinto caso de estupro está sendo investigado na delegacia.
Segundo comunicado da Polícia Civil do Pará, um inquérito foi instaurado há uma semana, depois que uma das vítimas, uma garota de 13 anos, procurou a polícia para denunciar o estupro. Ela mostrou fotos suas em situações pornográficas que estavam sendo circuladas em grupos do aplicativo WhatsApp.
A vítima diz que ela foi aliciada e levada até a chácara do jogador, em Tocantins, junto com mais três adolescentes. No local, elas teriam sido embriagadas e dopadas possivelmente com "roupinol" (medicamento usado para reduzir a insônia, que causa forte sonolência e diminuição dos reflexos), para depois serem estupradas.
A garota disse que acabou desmaiando e, dessa forma, o jogador e outros homens se aproveitaram da situação para fazerem fotos e compartilhá-las nas redes sociais. Ela chegou a telefonar para Jóbson, dizendo que iria denunciá-lo, e ele fez ameaças.
Além da garota de 14 anos, estavam presentes uma com 14 anos, outra com 13 anos e outra que ainda vai completar 13 anos. Todas foram ouvidas e confirmaram o crime. Ela também passaram por exames periciais e atendimentos médicos. O comunicado da Polícia Civil diz:
"Os exames comprovaram que nas duas menores de 12 e 13 houve conjunção carnal (penetração). As outras duas adolescentes alegaram, em depoimento, que consentiram as relações sexuais, no entanto, afirmaram estavam sob efeito de bebidas alcoólicas e substâncias entorpecentes colocadas na bebida."
Agora o delegado à frente da investigação, Rodrigo da Motta, está apurando o depoimento de uma quinta vítima. A polícia acredita que essa era uma prática frequente do jogador. "Ele aliciava as garotas para fazer festas com bebidas e drogas e as levava para sua chácara ou para outros lugares", disse o comunicado.
Jóbson Leandro Pereira de Oliveira é paraense, nascido em Conceição do Araguaia, e já foi atacante do Botafogo. Atualmente está sem clube.
Compartilhe via: