segunda-feira, 11 de julho de 2016

Assaltantes explodem banco, furam pneus de viaturas e trancam postos policiais no interior do Maranhão

Fachada da agência atacada durante a madrugada por ladrões (Foto: Jane Mendes/TV Mirante)
Criminosos explodiram a agência do banco Bradesco na madrugada desta segunda-feira (11) em Santa Luzia do Paruá (MA), a 370 km de São Luís. De acordo com testemunhas, cerca de 10 criminosos armados, divididos em três grupos, praticaram o ato na agência bancária e nos postos das polícias Civil e Militar da cidade para intimidar o efetivo.

Parte da agência ficou completamente
destruída (Foto: Valdenor Pereira)
Os bandidos furaram pneus dos carros de polícia e usaram corrente e cadeado para impedir a saída dos policiais dos postos.

Ainda segundo testemunhas, a ação teve início por volta das 2h e durou cerca de 40 minutos. Foram ao menos cinco explosões. Após a ação no banco, eles efetuaram diversos disparos nas ruas da cidade.

Com a quantidade de explosivos, a laje da agência bancária cedeu e impediu o acesso ao cofre da instituição.

Arrombamentos a bancos

Criminosos atacaram viaturas das polícias
Civil e Militar (Foto: Valdenor Pereira)
Na última sexta-feira (8), a agência do Banco do Brasil da cidade de São Mateus do Maranhão(MA), a 180 km de distância de São Luís, foi alvo de bandidos na madrugada desta sexta-feira (8). Os criminosos explodiram caixas eletrônicos e cofres, e apesar do uso de detonadores, a agência bancária não foi danificada.

Testemunhas disseram que, antes de de deslocarem até a agência, os ladrões atacaram viaturas da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) e prédios da delegacia da Polícia Civil, do Comando da PM-MA e Guarda Municipal.

Entre o povoado Caxuxa e a sede do município de São Mateus, eles atravessaram uma carreta dos Correios e incendiaram uma picape modelo Strada para impedir a passasem de veículos – e consequentemente do trânsito de viaturas das polícias Militar e Civil – pela BR-135, que atravessa a cidade.

Os bandidos também espalharam grampos para furar pneus de veículos que tentassem furar o bloqueio feito por eles.

Explosões a bancos

Outro caso havia sido registrado na terça-feira (5), na agência do banco Bradesco em Anajatuba (MA) – a 130 km de São Luís, na região da Baixada Maranhense – e que terminou com um dos suspeitos mortos em confronto com a PM-MA. Ao todo, segundo informações de testemunhas e da PM-MA, oito homens participaram da ação criminosa, usando quatro motocicletas e armados com fuzis e armas calibre 12 e .40.


Bandidos atravessaram carreta na BR-135
(Foto: Divulgação/15º BPM)
De acordo com o Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA), em 2016 já foram registrados 28 casos de arrombamentos a bancos, incluindo explosões a agências bancárias. No ranking de cidades com casos de arrombamento a agências bancárias, Igarapé Grande e São Luís Gonzaga do Maranhão estão no topo da lista, com dois casos cada uma. Casos de arrombamentos foram registrados ainda em Alto Alegre do Pindaré, Maracaçumé, Paulo Ramos, Paraibano, Peri Mirim, Nova Olinda do Maranhão, Imperatriz, Satubinha, Bacuri, Grajaú, Araguanã, Tufilândia, Colinas, Santa Luzia, Amapá do Maranhão, Centro Novo do Maranhão, São Benedito do Rio Preto, Olho d'Água das Cunhãs, São Domingos do Maranhão, São Luís, Buriti, Anajatuba, São Mateus do Maranhão e Santa Luzia do Paruá.

G1/MA
Compartilhe via: