sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Anapurus: Justiça derruba liminar e Júlio Cesar está inelegível

A desembargadora Cleonice freire derrubou a liminar da Juíza de Brejo, que suspendia os efeitos do Acórdão 175/2009 do TCE, que reprovou a prestação de contas de Júlio César, quando presidente da Câmara Municipal de Mata Roma no exercício financeiro de 2004

 Anapurus, sexta, 12 de outubro de 2016

O ex-secretário de Educação do município de Anapurus, Júlio Cesar Almeida Neto, que foi escolhido em convenção como candidato a prefeito pelo grupo da atual gestão municipal, está inelegível.

O motivo foi a queda de uma das duas liminares que ele havia conseguido junto à Juíza Maria da Conceição Privado Rego, Titular da Comarca de Brejo, que suspendia os efeitos do Acórdão 175/2009 do TCE – Tribunal de Contas do Estado, que havia reprovado a prestação de contas de quando ele foi presidente da Câmara Municipal de Mata Roma no exercício financeiro de 2004.

A procuradoria do estado recorreu da decisão da juíza de Brejo e a desembargadora Cleonice Silva Freire acatou o pedido, derrubando a liminar que beneficiava Júlio César.



A decisão foi publicada hoje, portanto, nos próximos dias o TCE será notificado e deve incluir o nome do ex-secretário na lista dos inelegíveis.




Diante da situação, Júlio nem chegou a protocolar o pedido de registro de candidatura a prefeito de Anapurus. 

Breve mais informações.


Compartilhe via: