quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Blogueiro de Chapadinha se diz ameaçado de morte por simpatizantes de Magno Bacelar e Paulo Neto

Alexandre Cunha registrou BO na Delegacia de Polícia de Chapadinha
Por James Galvão chapadinha.blog

A visita do governador Flávio Dino na tarde desta terça-feira em Chapadinha deveria ter sido marcada somente por inaugurações de obras, mas um outro acontecimento por pouco não acaba em tragédia e terminou indo parar na delegacia. O blogueiro Alexandre Cunha procurou a delegacia regional de Chapadinha para registrar boletim de ocorrência sobre ameaças de morte sofrida por simpatizantes de Magno Bacelar e Paulo Neto que prestigiavam a agenda do governador do Estado.

No boletim abaixo, Alexandre Cunha relata que fazia uma cobertura jornalística na tarde desta terça-feira quando foi agredido e ameaçado de morte por duas pessoas identificadas por Jamilson Publicidade e Mario Brito.

De acordo com o blogueiro, Jamilson Publicidade teria lhe agredido com uma cotovelada dentro do prédio do CREAS o que teria levado ambos a uma leve discussão, mesmo se retirando do local após o bate o boca, uma segunda pessoa identificada por Mario Brito teria lhe seguido e dado um soco no seu peito e em tom de ameaça teria perguntado ao profissional da imprensa, o que ele (blogueiro) achava que era pra ta falando mal da prefeita de Mata Roma, Carmem Neto, esposa do deputado Paulo Neto. Segundo Alexandre  Cunha, Mario se referia as publicações do seu blog que denunciam o caos na cidade de Mata Roma administrada pelo casal Carmem e Paulo.




  
Segundo apurou o titular do Chapadinha Blog, tanto Jamilson Publicidade, como Mario Brito são conhecidos em Chapadinha pelo fanatismo que carregam com o candidato Magno Bacelar que concorre as eleições de outubro próximo. Os dois, inclusive, já teriam se envolvido em outras confusões em campanhas passadas.


Em solidariedade ao nobre colega, peço a polícia e demais autoridades que cuidem do caso e o evitem mais um crime envolvendo um trabalhador na arte de informar. Blogueiro não é bandido. É um profissional reconhecido mundialmente. Que leva informações a seus leitores e estão sempre na luta pela liberdade de imprensa.
Compartilhe via: