quarta-feira, 17 de agosto de 2016

IMPUGNADO: Candidatura de Holanda Júnior é impugnada por causa de suposto desvio de verbas públicas

Coligação “São Luís de Verdade” apresentou denúncia ao TRE sobre esquema que pode ter desviado mais de R$ 33 milhões

De OEstado.com

Edivaldo Holanda Júnior tenta reeleição à Prefeirura de São Luís

SÃO LUÍS – Um possível esquema de corrupção pode atrapalhar os planos de reeleição à Prefeitura de São Luís de Edivaldo Holanda Júnior (PDT). É que a coligação “São Luís de Verdade” apresentou, nesta quarta-feira(17), junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TER-MA), uma Ação de Investigação Eleitoral, que acusa o prefeito de participação em um esquema de que desviou cerva de R$ 33 milhões dos cofres públicos municipais. O caso encontra-se na 30ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa.

A denúncia, que tem como um dos subscritores o advogado Marlon Reis, que ficou conhecido nacionalmente como o juiz da Ficha Limpa, traz novamente à tona o possível esquema, denunciado por funcionário, no Instituto Superior de Educação Continuada (ISEC). Segundo os denunciantes, o esquema funcionava na contratação, por parte do Instituto, de indicados por vereadores, secretários e lideranças partidárias, com salários que variavam de R$ 1 mil a 3 mil, sem que nenhum deles precisasse trabalhar, e tudo com a conivência do atual prefeito.

Segundo Marlon Reis, esta prática se tornou em um poderoso esquema de compra de apoio político. “O volume de provas já obtidas revela um grave desvio de finalidade da Administração Pública, que foi transformada num poderoso mecanismo de compra de apoio político em favor do prefeito municipal”, explicou

Esta denúncia já foi feita, também no ano passado, na Câmara Municipal, pelo vereador Fábio Câmara (PMDB), e também na Assembleia Legislativa, pelo deputado Wellington do Curso (PP).


A equipe de OEstadoMa.com entrou em contato com assessoria jurídica da campanha de Edivaldo Holanda Júnior e aguarda um posicionamento formal.
Compartilhe via: