quinta-feira, 20 de outubro de 2016

TCU reconhece erro e diplomação de Magno Bacelar pode não acontecer

DO BLOG DO LUÍS CARDOSO (São Luís)
O Tribunal de Contas da União reconheceu como erro técnico o sumiço do nome de Magno Bacelar, que venceu a eleição no dia 2 de outubro em Chapadinhas, na lista dos fichas sujas desde 2014. O processo 015666/2002-8, que apontou conta reprovada e foi transitado em julgado, desapareceu.
Agora, o TCU encaminhou em detalhes à Justiça Eleitoral a situação irregular em que Bacelar entrou como candidato.
Como a coligação liderada pela atual prefeita Belezinha vai entrar com o pedido da não diplomação do candidato, dificilmente a Justiça Eleitoral no Maranhão vai diplomar Bacelar, considerando o grave erro somente agora admitido pelo Tribunal de Constas do Estado.
Abaixo o documento em que o TCU reconhece o erro enviado ao deputado federal Cléber Verde:
fullsizerender
ll
fullsizerender-1

l


Compartilhe via: