segunda-feira, 17 de outubro de 2016

[VÍDEO] FINAL FELIZ: Bandidos se rendem e soltam reféns em Chapadinha



As três mulheres foram liberadas sem ferimentos;

Negociação durou quase dez horas.

Os assaltantes identificados como Juraci Araújo de Jesus e Marcos Santos Silva se renderam após intensa negociação, que durou cerca de nove horas e foram conduzidos para Pedrinhas, após garantia do juiz Cristiano Simas, de que eles não seriam levados ao CDP local, com medo de represália da população.


Houve muita comemoração;

Populares aplaudiram trabalho de todos os envolvidos na negociação, que foi conduzida pelo Tenente Coronel Vaz, experiente gerenciador de crises da PM do Maranhão. Houve participação de Policiais civis e militares, Judiciário, OAB, Ministério Público, Guarda Municipal.

Uma mulher, que teria ligação com um dos assaltantes, foi chamada ao local e ajudou na negociação. Ela foi a primeira a entrar na viatura. Logo em seguida, uma das armas dos bandidos foi jogada para fora. Marcos Silva foi o segundo a entrar na viatura. Juraci, o mais nervoso e que  mais se comunicava com os negociadores estava com uma perna machucada devido à queda do muro da Liquigás. Antes de se entregar, ele exigiu a entrada de um defensor público na viatura e só então, se deixou algemar e, ainda de arma em punho, entrou na viatura, pedindo que ninguém atirasse nele.

Após serem liberadas, as reféns foram atendidas imediatamente por uma equipe de médico, enfermeiros e assistentes sociais que estava de prontidão.

De acordo com o Cel. Vaz, os assaltantes disseram ser da Bahia, onde respondem criminalmente.
Por William Fernandes e Adorildo Japa
Compartilhe via: