terça-feira, 1 de novembro de 2016

Deputados maranhenses estariam envolvidos em corrupção com Prefeituras

compra de votos
Uma verdadeira bomba foi revelada no relatório final do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco). Ao identificar os desvios de recursos públicos provenientes do esquema criminoso que atuava na Prefeitura de Anajatuba, mais conhecida como Máfia de Anajatuba, foi descoberto também o envolvimento de deputados e ex-deputados estaduais e federais em ações de corrupção em várias administrações públicas.
No documento que o Blog do Luis Pablo teve acesso, aponta a participação de deputados e ex-deputados no âmbito estadual e federal, empresários, prefeitos e ex-prefeitos na organização criminosa (ORCRIM), que disseminou os seus tentáculos por várias prefeituras do Maranhão.
Nenhum nome dos supostos envolvidos é informado no parecer, que é assinado pelos promotores de justiça da Gaeco no Maranhão Gladston Fernandes de Araújo, Marco Aurélio Cordeiro Rodrigues e Marcos Valentim Pinheiro Paixão.
Segundo os promotores, são feitas fraudes em processos licitatórios para conseguir os desvios de recursos públicos. Com isso, é possível realizar a lavagem de dinheiro e consequentemente o enriquecimento ilícito dos políticos e empresários envolvidos.
doc“Ao final das investigações restou evidenciada a existência de uma organização criminosa, formada por agentes públicos e particulares voltada para desviar recursos públicos por meio de fraudes em processos licitatórios”, aponta o parecer final do GAECO.


Foi pedido pelos promotores que os fatos encontrados contra os deputados fossem repassados ao Tribunal de Justiça e ao Procurador-Geral da República para abertura de novas investigações.

Do Blog do Luis Pablo
Compartilhe via: