segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Filha de Sarney Neto foi assassinada pelo cunhado, aponta polícia

Lucas Porto é o principal suspeito da morte de Mariana Costa. As motivações ai da serão explicadas.
Lucas Porto é o principal suspeito da morte de Mariana Costa. As motivações ai da serão explicadas.
O jovem Lucas Porto, filho do proprietário do edifício Planta Tower, no Renascença, foi autuado em flagrante, à madrugada de hoje, na Delegacia de Homicídios, pelo assassinato da cunhada Mariana Costa, de 33 anos, filha do ex-deputado Sarney Neto e sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney. O crime aconteceu à noite passada, no apartamento de Mariana, no Turu. Câmeras do prédio flagraram Lucas entrando duas vezes no condomínio e descendo pelas escadas, apressadamente.
Imagens das câmeras de segurança mostram que Lucas esteve duas vezes no prédio. Na primeira vez, deixou as filhas e a vitima. Na segunda, subiu, passou cerca de 40 minutos no apartamento dela e saiu de lá apressadamente, não pelo elevador, mas pelas escadas do prédio.
Ao ser autuado em flagrante, Lucas apresentava escoriações nos braços, peito e rosto. O suspeito não soube explicar o motivo que o levou a retornar ao apartamento da cunhada. Ele se desfez das roupas que estava utilizando no momento do suposto crime; apagou a localização no GPS do celular e ligações realizadas no período atestado pelo IML como horário do crime e se negou a entregar as imagens do circuito de câmeras do seu condomínio, onde é sindico. Lucas Porto também não assume o crime.
img-20161114-wa0010

Ele foi autuado em flagrante, submetido a exames toxicológicos e está preso na Delegacia de Homicídios.
O velório de Mariana Costa está sendo realizado na Igreja Batista do Olho D’água e o enterro está marcado para às 16h no cemitério Parque da Saudade, no Vinhais.
Do Jornal Pequeno
Compartilhe via: