segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Terror: Mais de dez mortos em noite sangrenta em Imperatriz

A cidade de Imperatriz foi abalada na última sexta-feira, dia 18, com uma tarde e noite de muitas mortes, chegando a mais de dez, mas confirmadas oficialmente até agora o número de oito. Tudo começou depois de tentativa de latrocínio a um militar que foi assaltado e esfaqueado. Em seguida, diversos bandidos com passagens pela polícia e duas outras sem nenhuma entrada, começaram a ser mortas.

Dois bandidos, mais tarde identificados, foram presos e logo foi encontradora a pistola do militar e uma moto Biz preta de propriedade do cabo Farias, a vitima, que permanece em estado grave no Socorrão.

Conforme informações do blog da Kelly, mais de sete homicídios foram registrados na cidade de Imperatriz. Veja abaixo o relato da blogueira :

 O primeiro crime aconteceu por volta das 18h30 na rua Nova 2, bairro da Caema, a vítima foi identificada como Thiago Sousa Xavier, 19 anos, ele já tem várias passagens pela polícia pela prática de roubo, o homicídio aconteceu dentro da casa de Thiago. Segundo informações da esposa de Thiago, ele estava brigando com ela, inclusive estava com uma arma branca na mão quando bateram na porta, a vítima foi abrir e dois elementos efetuaram um disparo com uma espingarda, Thiago nem chegou a ser socorrido, veio a óbito no local, o tiro acertou o peito da vítima.

O segundo homicídio aconteceu 20 minutos depois na rua Paraíba com Monte Castelo, Setor Mercadinho, a vítima foi identificada como Antonio Luís de Carvalho, conhecido como Porcão, o mesmo tinha várias passagens pela polícia pela prática de roubos.

Informações apontam que os assassinos estavam em um celta prata, a vítima foi morta com vários disparos de arma de fogo. Ainda de acordo com informações, Porcão atualmente estava mexendo com caça-níquel.

Nenhum dos envolvidos nos dois homicídios tinham sido presos pela polícia até o fechamento desta matéria. Os outros crimes aconteceram em diversos bairros da cidade, como Itamar Guará, Vila Nova, Santa Inês e Vila Fiquene.


Esses crimes foram cometidos com arma de fogo. Até o fim desta edição não haviam mais informações sobre os nomes, idades dos assassinados e as motivações dos crimes.

Do Blog da Kelly - imperatriz/MA
Compartilhe via: