.

.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

VÍDEO - Deputados visitam obras inacabadas do Estado em Chapadinha e constatam irregularidades do governo Flavio Dino



Deputados foram recebidos em Chapadinha, por Aluízio Santos, secretário Municipal de Infraestrutura.

Integrantes da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara Federal constataram diversas irregularidades praticadas pelo governo Flavio Dino na execução de obras financiadas com recursos do BNDES. A vistoria foi realizada neste fim de semana pelos deputados federais Valtenir Pereira e Hildo Rocha membros da CFFT e pelo assessor técnico da Câmara José Ribamar Melo. A deputada estadual Andréa Murad também participou da fiscalização. 



“Identificamos a ocorrência de desvios de finalidades; alterações de projetos e atrasos nos cronogramas de execução das obras financiadas, com recursos do BNDES”, destacou Hildo Rocha.






Obras paradas

Rocha destacou ainda a total paralisação da implantação do Centro de Hemodiálise de Chapadinha. “A governadora Roseana Sarney deixou o terreno, que foi doado pela prefeitura de Chapadinha, já feita a terraplenagem; os recursos em caixa; o projeto elaborado; todos os pré-moldados e o poço perfurado. 

Centro de Hemodiálise em Chapadinha: só o terreno
Hospital Regional de Chapadinha

Mas, o terreno está do jeito que a governadora deixou e os pré-moldados estão expostos ao tempo e muitos inclusive já foram desviados que configura duplo prejuízo para a população maranhense. Isso configura crime de improbidade administrativa por parte do governador Flavio Dino, pois descaso do governo está causando prejuízo ao Estado”, destacou o deputado.

Hospital Regional de Chapadinha

Os deputados constataram que o prédio destinado a abrigar o Hospital Regional de Chapadinha, também iniciado na gestão da governadora Roseana Sarney, permanece praticamente do jeito que foi entregue ao atual governador, há dois anos. “Esta unidade de saúde era para estar funcionando desde 2015. O prédio ficou quase pronto, com recursos do BNDES suficientes para a conclusão e compra de todos os equipamentos”, destacou Rocha.

“O projeto foi feito; a obra iniciada e existe dinheiro em caixa. Então, não há razão para este hospital ainda não estar funcionando. Em dois anos, quantas pessoas não deixaram de ser atendidas aqui?” questionou a deputada Andrea Murad.

Além destas obras, Chapadinha também cobra a conclusão da reforma do Mercado Central e os equipamentos para a UPA, que já está praticamente conluída.

Do Blog do Abimael Costa
Compartilhe via: