.

.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

URGENTE! PM baleado por vizinho não resiste



O policial militar Rômulo, que foi baleado por um vizinho, na manhã deste sábado em Chapadinha, não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu às 13h10, no HAPA,

Ele estava em estado gravíssimo e aguardava o helicóptero do GTA vir de São Luís.

Por volta das 11h40 da manhã deste sábado, 4, o policial militar Rômulo, foi alvejado por quatro disparos de arma de fogo, efetuados pelo seu vizinho, o aposentado Gérson Vale. As balas atingiram o braço, as costas, o peito esquerdo e a boca (este último, transfixou e saiu na parte de trás, no pescoço).

Rômulo caiu agonizando na calçada da casa de Gérson, onde aconteceu o fato. Ele foi conduzido, em estado grave, ao Hapa, mas não chegou a ser transferido para São Luís. Por volta das 13h10, não resistiu.

Segundo familiares de Gérson, que foi conduzido à delegacia, o fato ocorreu quando o aposentado chegava em casa, com uma sacola de bananas, vindo do Mercado Central. Rômulo, que estaria ingerindo bebida alcoólica, teria ido ao encontro de Gerson e dado-lhe uns tapas. Gerson teria caído e ao se levantar, sacou de uma arma e efetuou os disparos.

Os dois eram vizinhos há pelo menos uns 15 anos, e a relação entre ambos era conturbada, segundo moradores, por conta de Gérson sentir-se incomodado quando Rômulo colocava o som alto, quando bebia em casa.

Familiares de Gérson relataram ao Blog do William que ele já havia registrado algumas ocorrências na delegacia contra o vizinho.

Durante a reportagem não conseguimos contato com familiares do policial.

Compartilhe via: