.

.

terça-feira, 21 de março de 2017

Blogueiros e policial são presos pela Polícia Federal em São Luís, acusados de extorsão e outros crimes

Os envolvidos vão responder por corrupção  ativa e passiva, extorsão e outros crimes. 



O jornalista e blogueiro Luís Cardoso foi apontado pela PF como líder da quadrilha de blogueiros desarticulada nesta terça-feira (21). Com ele, foram presos também os filhos Neto Ferreira, Luís Pablo e Yuri Almeida, além de outros blogueiros (veja relação abaixo).

As prisões foram efetuadas durante a 'Operação Turing'. Os presos são  acusados de criar embaraços para investigações. De posse de informações privilegiadas, fornecidas por um policial federal, os blogueiros presos passavam a fazer extorsão de pessoas alvos das investigações.

Segundo um delegado da PF, o grupo chegava a comemorar e debochar de suas vítimas. 

Uma das vítimas seria um empresário que estava sendo extorquido desde o ano de 2013. Ele teria registrado vários boletins de ocorrência, mas não teve êxito nas investigações.

Para contar com o apoio do policial federal, que passava informações de investigações sigilosas, os blogueiros prometeram promover a candidatura do mesmo, em 2014.

Os envolvidos vão responder por corrupção  ativa e passiva, extorsão e outros crimes.

Investigação
A investigação, iniciada em 2015, mostrou que um policial federal revelava antecipadamente fatos sob sigilo de Justiça a blogueiros. Estes, por sua vez, ameaçavam funcionários públicos e empresários, e pediam valores em troca da não divulgação na mídia local dos fatos descobertos em desfavor deles.

Os investigados aproveitavam também a oportunidade para fugirem ou destruírem provas. Em troca, o servidor público conseguia publicações na imprensa em seu favor, permitindo sua inserção em cargos de confiança do Estado. Ele chegou a assumir a função de Secretário Adjunto da Administração, Logística e Inovação Penitenciária.

A PF apura ainda possíveis frustrações do caráter competitivo de licitações do sistema prisional, bem como eventuais desvios na execução de verbas públicas.

Veja a relação de presos temporários e conduzidos coercitivamente pela PF

Presos temporariamente por 5 dias
DANILO DOS SANTOS SILVA - Policial Federal
LUIS ASSIS CARDOSO DA SILVA DE ALMEIDA (Luís Cardoso)
LUIS PABLO CONCEIÇÃO ALMEIDA (Luís Pablo)
HILTON FERREIRA NETO (Neto Ferreira)

Condução coercitiva
ANTONIO MARCELO RODRIGUES DA SILVA (Marcelo Minard)
YURI DOS SANTOS ALMEIDA (Yuri Almeida)
MARCELO AUGUSTO GOMES VIEIRA (Marcelo Vieira)
ANTONIO MARTINS FILHO (Nego John)
EZEQUIEL MARTINS DA CONCEIÇÃO (Kiel Martins)

Outros presos
FABIANO LEITE CAMPOS
HERBETE LOPES DINIZ
CESÁRIO FERREIRA BRANDÃO JUNIOR
WILLIAN KAREY DE CASTRO
GABRIEL COSTA E FORTI
AJEJE JORGE SABBAKA
CELSO ADRIANO COSTA DIAS
IRAN SOUSA VIDAL
IRAN SOUSA VIDAL FILHO

Solicitadas prisões temporárias
CELSO ADRIANO COSTA DIAS
IRAN SOUSA VIDAL
IRAN SOUSA VIDAL FILHO
BRUNO ALFREDO RABELO MENDONÇA

Os presos temporários serão recolhidos ao Quartel do Corpo de Bombeiros, em São Luís. Se houver necessidade, eles poderão ter prisões prorrogadas.

A justiça determinou busca e apreensão nas residências dos blogueiros Luís Cardoso, Marcelo Minard, Luís Pablo, Neto Ferreira, Yuri Almeida, Marcelo Vieira, Antônio Martins e Kiel Martins.

Do Blog do Gilberto Lima
Compartilhe via: