sexta-feira, 3 de março de 2017

HERANÇA MALDITA - R$ 37,8 Milhões: essa é a dívida deixada por gestões passadas ao perfeito de Santa Quitéria, Alberto Rocha

Por William Fernandes - sexta, 3 de março de 2017   

Um verdadeiro presente de grego: uma dívida de quase 38 Milhões de Reais. Esta foi a “herança maldita” deixada por gestões passadas ao atual prefeito de Santa Quitéria, Alberto Rocha, que vem encontrando muitas dificuldades para tirar o município da inadimplência e começar a firmar convênios com o Estado e com a União.

Ao assumir o município, Rocha não tinha a menor noção do que encontraria. Mas após levantamento de suas equipes do financeiro e do jurídico, descobriu-se este rombo milionário, que o impede de celebrar convênios conforme o Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias do município (CAUC). Eis o presente:

- CEMAR: R$ 1.463.962,78 (Um Milhão Quatrocentos e Sessenta e Três Mil Reais e Setenta e Oito Centavos);

- RECEITA FEDERAL REFERENTE A PREVIDÊNCIA SOCIAL: R$ 35.534.614,93 (Trinta e Cinco Milhões, Quinhentos e Trinta e Quatro Mil, Seiscentos e Quatorze Reais  e Noventa e Três Centavos);

- RECEITA FEDERAL REFERENTE AO PASEP
R$ 785.709,55 (Setecentos e Oitenta e Cinco Mil, Setecentos e Nove  Reais e Cinquenta e Cinco Reais).

Total da dívida da Prefeitura:   R$ 37.794.287,26
37 Milhões, 794 Mil, 287 Reais e 26 Centavos.


Mas o prefeito não está perdendo tempo, se lamentando. Ele arregaçou as mangas e vem trabalhando arduamente para tirar superar este gigantesco problema. Os débitos já foram negociados e parcelados e brevemente Santa Quitéria vai experimentar uma nova fase em sua história político-administrativa


: "Apesar desses enormes débitos, a nossa gestão já negociou e parcelou os débitos deixados pelas duas últimas gestões que me antecederam, deixando o município um caos", destacou o prefeito Alberto Rocha.
Compartilhe via: