quarta-feira, 8 de março de 2017

Trabalhadores rurais do Baixo Parnaíba bloqueiam MA 034, em protesto contra reforma da Previdência

Por William Fernandes (com informações do imirante)

Quarta, 8 de março de 2017

A MA 034 foi bloqueada, no povoado Palestina, nesta quarta-feira, 8, Dia Internacional da Mulher, das 5h às 12h, por trabalhadores rurais de todo o Baixo Parnaíba e Alto Munim. O movimento, coordenado pela Contag, Fetaema e STTRs tem por objetivo protestar contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Reforma da Previdência, que caso seja aprovada no Senado vai obrigar o trabalhador brasileiro a se aposentar com a idade mínima de 65 anos e tendo como tempo de contribuição de 25 anos.

Os manifestantes interromperam o tráfego de veículos no entroncamento do povoado, no trecho depois de Chapadinha, ligando São Luís a Teresina-PI e a Fortaleza-CA. Centenas de automóveis e caminhões tiveram que esperar a manifestação acabar, às 12h. Estavam autorizados a passar apenas ambulâncias e carros da polícia.

O manifesto foi pacífico, e contou com a participação sindicalistas e políticos ligados aos sindicatos rurais, como o vereador e presidente do STTR de Anapurus, Ademar do Sindicato, e os vice-prefeitos de Buriti e Coelho Neto,  Antônio Flora e Antonio Pires, que também são presidentes dos STTRs de suas respectivas cidades.

De acordo com os manifestantes, a idade na PEC para quem deseja se aposentar já é considerada muito avançada, o que diminuiria o tempo que o trabalhador teria para gozar dos benefícios da contribuição que fez ao longo da vida e também ao longo do tempo em que trabalhou no país.

No Maranhão, os protestos que contam com o apoio das centrais sindicais estão ocorrendo na Baixada Oriental, no Alto Turi, Pindaré, na Baixada Maranhense, no Médio Sertão, na região Sul do Maranhão, no Baixo Parnaíba, na região Tocantina, na região do Mearim e na região dos Cocais.
Compartilhe via: