.

.

domingo, 30 de abril de 2017

Cantora e compositora de Jazz e Blues, chapadinhense deixa o Maranhão para mostrar seu talento no Sul do Brasil

Por William Fernandes (via celular)
Nem deu tempo de conhecermos direito seu trabalho em Chapadinha. Filha do escritor AJ (Antonio José - in memorian) e da professora Romênia Berce, Lucille começou a seguir os passos dos pais desde cedo, quando lançou em 2012, em Praça Pública, um livro em homenagem ao pai, seu grande grande inspirador.

Hoje, aos 19 anos, morando em São Luís, Lucille Berce, estuda e compõe seus trabahos. Ela atua na área da música como profissional desde os 16, porém canta desde a infância.



Cantora e compositora de Jazz e Blues, iniciou a carreira como vocalista da banda de rock cristão Emunah, em Chapadinha, sua cidade natal e logo em seguida como co-fundadora e vocalista da Riviera Blues, já em São Luís.

Iniciando no momento sua carreira solo, Lucille carrega influências musicais de grandes nomes como Ella Fitzgerald, Billie Holiday, Etta James, Stevie Ray Vaughan, BB King, Louis Armstrong e Chet Baker.

Em preparação para a gravação do seu primeiro disco, a cantora vem se apresentando fora do estado, e em fevereiro deste ano fez o primeiro show fora do país, no Paraguay, à convite do guitarrista e bluesman paranaense Décio Caetano.

Para nossa tristeza (e alegria, ao mesmo tempo), Lucille está se despedindo do Maranhão para lançar-se num mercado mais promissor para o seu gênero musical. Curitiba-PR será sua nova escala.

Sua despedida será nesta quinta, 4 de maio, com o show "Lucille Berce canta Duke Ellington", em São Luís, no Nativa Grill, a partir das 21h.

O Nativa fica na Rua dos Periquitos, Renascença II, atrás do Office Tower.
Reservas: 98164-0488
Compartilhe via: