.

.

sábado, 27 de maio de 2017

Polícia vai em busca de possíveis novos vídeos de agressão contra idosa

Agressor foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas.
Agressor foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas. - Foto: Divulgação
SÃO LUÍS – Um dia ruim para Roberto Elísio Coutinho, de 51 anos, que aparece agredindo sua própria mãe em um vídeo que se propagou pelas redes sociais, nesta sexta-feira (26). O homem foi preso e encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas.
RELEMBRE O CASO:
Em entrevista exclusiva para o Imirante.com, a delegada Igliane Freitas, responsável pela prisão do agressor da idosa, informa que a partir de agora testemunhas serão ouvidas, pessoas que convivem e fazem parte da rotina da idosa de 84 anos. Além disso, apurar também como era a convivência do filho com a mãe. A cuidadora de dona Joseth Coutinho também será ouvida, assim como outros familiares.
De acordo com a delegada Igliane Freitas, uma averiguação será feita para tentar encontrar possíveis outros vídeos. Pois, com isso, o inquérito possa ser fortalecido e, posteriormente, concluído. “A gente já tem convicção do crime que o Roberto cometeu, mas é sempre bom ter mais provas” afirma a delegada responsável pelo caso.
Após o término e envio do inquérito a Justiça, a responsabilidade do caso é da juíza Oriana Gomes, titular da 8ª Vara Criminal da capital, responsável pelos crimes contra idosos.
Compartilhe via: