.

.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Prefeito Alberto Rocha apoia comunidades rurais em questões fundiárias e ambientais no interior de Santa Quitéria

 Blog do William Fernandes 

Foi realizado no último sábado, 24, um encontro no povoado Coceira, zona rural de Santa Quitéria, para discutir as questões fundiárias e ambientais envolvendo diversas comunidades do município.

A reunião foi organizada pela vereadora Das Dores, que reside no povoado e contou com a presença dos secretários municipais Tony Chacal (Meio Ambiente), Paulo Sérgio (Agricultura) Assis (Articulação Política) e Codó Viana (Comunicação); dos vereadores Domingos Viana, Irmão Wilsinho, Irmã Janete e Cassandra (que também é presidente do STTR) e de presidentes de pelo menos oito associações de moradores, além de moradores de povoados vizinhos.


A titulação de terras para as comunidades era uma das principais pautas da reunião. Os moradores reclamam que terras públicas estão sendo vendidas a grandes produtores, que desmatam desordenadamente, prejudicando fauna, flora e mananciais, enquanto a própria comunidade tem dificuldades para conseguir títulos de terras em suas áreas de assentamentos.


De acordo com o representante do Centro de Defesa e Promoção dos Direitos da Cidadania, Francisco das Chagas Sousa, o “Chaguinha”, foi no povoado Coceira que a luta pela terra começou, em 2006 e se arrasta até hoje. O município tem 220 mil hectares de terras e está situado numa área coberta por três bacias hidrográficas, a dos rios Parnaíba, Preguiças e Munim.

Chaguinha alertou que a população de Santa Quitéria vem diminuindo. “A população só diminuiu nestes últimos anos. Muita gente está indo embora porque não há opções de trabalho, nem terras para trabalharem”, destacou.

Mas ele ressaltou que a luta vem dando resultados. Já existem 12.511 hectares de terras tituladas e 29.100 estão em processo de titulação. “Temos que fazer uma agenda para irmos a Brasília e a São Luís, agilizarmos este processo, disse Chaguinha.

E foi com este objetivo que o prefeito Alberto Rocha se prontificou em colaborar. Ele enviou representantes à reunião para ouvir as demandas e manifestar apoio no que for necessário para a solução dos problemas.

O presidente de uma das associações presentes, Raimundo Vieira, destacou a importância da participação e do apoio da equipe do governo municipal e dos vereadores da base do governo, algo que nunca havia acontecido ao longo dos últimos anos. “Acho muito importante ver a equipe do governo aqui, do lado da comunidade. Durante muitos anos a administração [do município] ficou apenas do lado dos grandes”, disse Raimundo.

O secretário de Agricultura, Paulo Sérgio, disse que se depender dos esforços do prefeito e sua equipe, a comunidade sairá vitoriosa desta batalha. “O projeto do prefeito Alberto Rocha é transformar Santa Quitéria num polo agrícola. Temos uma equipe de dez técnicos para assessorar o pequeno produtor. Já solicitamos máquinas e equipamentos para as comunidades. Nosso desejo é produzir tudo e acabar com estas feiras que vem do Ceará”, afirmou.
Compartilhe via: