"Prêmio Top Excelência Empresarial" de Chapadinha

"Prêmio Top Excelência Empresarial" de Chapadinha
Clique na imagem para ver a matéria com a lista completa

.

.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

CMAC realiza implantação de Balão Intragástrico. Uma alternativa para quem quer emagrecer com saúde



Interessados em controlar o peso sem maiores sacrifícios e, nos casos mais graves, sem cirurgia, ganharam uma alternativa na luta contra o sobrepeso, o Balão Intragástrico. Um método seguro, simples e sem contraindicações, que produz uma perda de peso de 15 a 20 kg, porque reduz a capacidade do estômago pela metade e provoca a perda de apetite e a saciedade, auxiliando no emagrecimento. Quem está muito acima do peso para realizar uma cirurgia de redução do estômago pode receber indicação médica para colocação do balão, a fim de diminuir os riscos da cirurgia.

Apesar de recente no Brasil, o método é registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e está entre os procedimentos mais procurados por pessoas com obesidade de menor grau. Ao   contrário dos outros procedimentos para obesidade, que são cirúrgicos, o balão é colocado através de endoscopia digestiva, o paciente recebe uma leve sedação (sem anestesia) e sem dor.

Pioneira em novas tecnologias, o CMAC já utiliza o balão intragástrico para emagrecimento saudável.  Uma das primeiras pacientes a utilizar o procedimento foi a psicóloga Laise Lima (29). Lutando contra a balança há muitos anos, e sem sucesso, ela conta que já havia perdido as esperanças para chegar ao peso ideal. “Eu sempre estive acima do peso ideal e com o tempo vieram as lutas para emagrecer.  Tentei de tudo, mas logo voltava a engordar. O tratamento vale muito, principalmente para pessoas descontroladas com a comida e muito gordas que precisam emagrecer rápido, por estar com a saúde comprometida” - alertou ela. Laise implantou o balão em meados de julho, três meses depois já comemora os resultados com 12kg a menos. “Quando olho no espelho nem acredito que finalmente consegui chegar ao meu peso ideal. E o mais legal é que o procedimento é tão simples, você faz e no mesmo dia já tem alta médica. Eu estou mesmo muito satisfeita com os resultados”, acrescentou ela.

A implantação do produto é simples, mas precisa ser administrado em clínicas especializadas. No CMAC o responsável pelo tratamento é o médico proctologista Glouber Nóbrega que conta com o auxílio do médico gastro, Josué Portela.  O procedimento é rápido, dura em média 20 a 30 minutos, e geralmente o paciente é liberado no mesmo dia. O balão, inserido vazio através de endoscopia e com o paciente sedado, entra pela boca, passa pelo esôfago, até chegar ao estômago.  Dr. Glouber esclarece ainda que o procedimento é um tratamento temporário, pouco invasivo e completamente reversível. “O balão intragástrico tem vida média de 6 meses. Ele não vai tirar a fome do paciente, mas vai diminuir bastante, porque dá uma sensação de estomago saciado, o que faz com que o paciente perca peso sem esforços. Não existem contraindicações nem tipos específicos de alimentos que podem ser ingeridos. Mas é importante a gente avaliar antes o caso para que possamos ou não recomendar a colocação” - destacou ele.

Situações relevantes para a colocação do Balão Intragástrico

•   Doentes de elevado peso e com doenças graves que exijam algum emagrecimento para tornar uma cirurgia mais segura;
•   Doentes que por doenças específicas não possam, de todo, ser operado;
•   Doentes com excesso de peso (Índice de Massa Corporal entre 30 e 35 Kg/m2) que não têm ainda indicação operatória;
•   Adolescentes com obesidade grave e nos quais a cirurgia ainda não é opção;
•   Quando se pretende um emagrecimento significativo por motivos estéticos.
Compartilhe via:
Postado em