.

.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Com bebida liberada, dono fecha bar para festa de aniversário de cachorro de estimação no AM: 'Como se fosse filho', diz

Mike Tyson comemorou três anos celebrou em bar no bairro Alvorada (Foto: Arquivo Pessoal)
Mike Tyson comemorou três anos celebrou em bar no bairro Alvorada (Foto: Arquivo Pessoal)
G1 Manaus

Que o homem possui relação longa e totalmente fiel com cachorros todo mundo sabe. Desse laço surgem grandes histórias de amor, como a de Rui Barbosa e do pequeno pinscher Mike Tyson, que ficou famoso após sua festa de aniversário de 3 anos fechar um bar em Manaus. A comemoração, que custou quase R$ 3 mil, teve churrasco e bebida liberada. "É como se fosse um filho", disse o "pai" do animal, o engenheiro eletricista Rui Barbosa, 64.

A relação entre os dois começou em 2015, quando Barbosa passava por uma rua na Zona Norte da cidade e avistou um homem arrastando um cachorro pela coleira, em via pública. Segundo ele, o homem afirmou que estava indo vender o animal para pagar uma conta de luz atrasada.
"Perguntei porque ele tava maltratando o animal e ele me disse que estava indo vender ele. Perguntei quanto ele ia cobrar e ele disse que ia vender pelo preço que comprou, R$ 150. Paguei para ele, mas não levei para casa ainda. Fui para Parintins, passei um mês e quando voltei o rapaz me ligou perguntando se eu ia buscar, e eu fui", disse.

Barbosa afirmou que já tinha outra cadela da mesma raça, chamada Dolly, que conviveu com ele por 18 anos. Dolly, segundo relatou o engenheiro eletricista, foi a única coisa que ele fez questão de resgatar do último casamento. A cadela de estimação faleceu ainda em 2016, mas deixou o "irmão" Mike na companhia do engenheiro.

“Eu sou solteiro e não tenho filhos, a princípio era a Dolly e agora é o Mike Tyson. É como se fosse um filho, e até como uma criança. Ele pode nunca ser um médico, engenheiro, advogado, mas não vai me dar decepção, não vai fazer coisa errada”, disse.
A festa
O aniversário é dia 7 de novembro, mas foi celebrado no sábado (11) em um bar na esquina da Rua 7 com a Avenida D, no bairro Alvorada. Como todos os anos desde que levou o pinscher para casa, Barbosa decidiu dar uma festa, dessa vez em um bar, com direito a churrasco e bebida liberada. A festa recebeu convidados, mas também ficou aberta para quem quisesse entrar.
Festa do cachorro teve churrasco e bebida liberada no sábado (11) (Foto: Arquivo Pessoal)
Festa do cachorro teve churrasco e bebida liberada no sábado (11) (Foto: Arquivo Pessoal


“É a primeira vez [que a festa aconteceu] aqui no bar, porque é um bar que eu frequento, é uma confraria de amigos e é um bar tradicional do bairro, então a gente combinou de fazermos o aniversário dele aqui. Eu disse, a princípio, que seria um almoço, e esse almoço começou por volta das 14h de sábado e se estendeu, entrou pela noite, e foi até 2h do outro dia", disse.

A celebração custou um pouco menos que R$ 3 mil, mas Barbosa afirmou que a edição da festa que acontece em Parintins costuma tirar do bolso do eletricista mais de R$ 10 mil por ano.


“A festa aqui em si não custou tanto, porque é um lugar simples, eu comprei a bebida, o churrasco, o bolo e outras coisas, mas em Parintins, com passagem aérea, as lembranças que eu faço, bolo, a comida típica regional e garçom, além do restaurante, aí chega até uma despesa acima de 10 mil reais”, afirmou.

Fama

Após fotos da festa viralizarem na internet, Rui e Mike são parados por onde passam. Segundo o engenheiro, as fotos com o cachorro já aconteciam por onde eles passavam, mas com a fama tudo intensificou.

"Agora, onde eu passo com ele querem tirar foto. Fui comprar um lanche e pararam, na farmácia também. Já paravam antes e agora param mais ainda. Foi uma repercussão grande", disse.


Barbosa disse que o pinscher parece entender tudo o que está acontecendo, e gosta de receber o carinho das pessoas, conta o dono. "No fundo, ele sabe que é uma brincadeira e ele gosta de ser bem tratado, gosta de ser carinhoso, ele vai com todo mundo", afirmou o dono.

Compartilhe via: