.

.

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Homem grava álbum de músicas para ex-mulher e é preso no Maranhão

Quinta-Feira, 30 de novembro de 2017
Capa do álbum está estampado o nome da mulher e um trecho onde fala da medida protetiva (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Um homem identificado como Paulo Santana, de 59 anos, gravou um álbum com músicas dedicadas a ex-mulher dele em Santa Inês, a 250 km de São Luís, e acabou sendo preso. O músico foi enquadrado na Lei Maria da Penha porque as letras ofendiam a ex-companheira dele. A mulher também acusa Paulo de fazer ameaças a ela e aos filhos.

Nas letras estão palavras ofensivas, xingamentos e trechos que difamam a ex-mulher dele e de quem Paulo Santana é obrigado a se manter afastado por conta de uma medida protetiva determinada pela Justiça, depois que o casal se separou e ele passou a fazer ameaças a ex.

Um vídeo com as músicas foi divulgado nas redes sociais. A mulher ficou sabendo da história e procurou a polícia. A medida protetiva determina também que Paulo se mantenha afastado dos seis filhos pequenos que tem com a mulher. Segundo a polícia, a ordem judicial não estava sendo cumprida. O suspeito foi visto várias vezes na porta da escola, onde as crianças estudam.

Na capa do álbum está estampado o nome da mulher e um trecho onde fala da medida protetiva. A polícia ainda apura uma suspeita de homicídio contra Paulo Santana.

Do G1MA
Compartilhe via: