.

Visit Namina Blog

...

Prefeitura de Santa Quitéria-MA, promoverá "Dia D" de combate à Hanseníase na terça-feira (30)

Do  Portal  CN1

Quinta-Feira, 25  de janeiro de 2018

A Prefeitura de Santa Quitéria, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizará na próxima terça-feira dia 30 de janeiro  o  "Dia D" da  Campanha de Combate à  Hanseníase também conhecida como lepra ou mal de Lázaro,  uma doença infecciosa, contagiosa, que afeta os nervos e a pele.

O atendimento  à população será realizado em frente a  Atenção Básica, às 8 horas da manhã, e será coordenada pela Vigilância Epidemiológica  com atendimento clínico médico voltado ao diagnóstico da hanseníase, com orientações, medidas preventivas,  aferição de pressão arterial e  aferição de glicemia.

As equipes da saúde irão trabalhar fortemente no sentido de reforçar a importância do tratamento e, além da busca ativa nas comunidades, realizarão também a avaliação de contato, já que a doença é transmissível e as pessoas mais próximas do doente são as que mais correm riscos de contaminação.


Sinais e sintomas:

- sensação de formigamento, fisgadas ou dormência nas extremidades;
- manchas brancas ou avermelhadas, geralmente com perda da sensibilidade ao calor, frio, dor e tato;
- áreas da pele aparentemente normais que têm alteração da sensibilidade e da secreção de suor;
- caroços e placas em qualquer local do corpo;
- diminuição da força muscular (dificuldade para segurar objetos).

Como se transmite? 

Os pacientes sem tratamento eliminam os bacilos através do aparelho respiratório superior (secreções nasais, gotículas da fala, tosse, espirro). O paciente em tratamento regular ou que já recebeu alta não transmite. A maioria das pessoas que entram em contato com estes bacilos não desenvolve a doença. Somente um pequeno percentual, em torno de 5% de pessoas, adoecem. Fatores ligados à genética humana são responsáveis pela resistência (não adoecem) ou suscetibilidade (adoecem). O período de incubação da doença é bastante longo, variando de três a cinco anos.