.

.

quinta-feira, 22 de março de 2018

Moradores e autoridades discutem solução para esgoto do CDP de Chapadinha

Na manhã desta terça feira vinte de março de 2018, às dez horas, foi realizada uma reunião no Quartel do 16º Batalhão, para tratar da problemática da interdição da Rua Sebastião Almeida e da Travessa XV de Novembro, nas proximidades do Centro de Detenção Provisória de Chapadinha-MA, motivada pelo escoamento de esgoto a céu aberto nessas vias, advindas da Unidade Prisional.

O Secretário Municipal do Meio Ambiente, Eduardo Sá, informou que a competência de resolver o problema não é do município, mas que sempre é mantido contato com o Governo Estadual e que inclusive há possibilidade de construção de um presídio fora da cidade, sentido à Vargem Grande, cujo terreno já está sendo providenciado. 


O agente penitenciário Sandro, representando o Diretor da CDP, informou que está em andamento de reciclagem, filtragem e purificação da água do banho e lavagem de roupa, a fim de diminuir o nível de resíduos destinados às 12 fossas do Centro de Detenção, estando a obra em 75% de sua construção e tida como uma solução permanente para o problema, sendo conclusa até o início do mês de abril.


O Secretário de Obras Municipal Telmo José informou que a Prefeitura fez o seu papel com a construção dos sumidouros e que é contra a obstrução das vias como forma de protesto. 


Finalizando a referida reunião, moradores solicitaram que haja o esgotamento das fossas da Centro de Detenção Provisória fim de que as ruas sejam desobstruídas, ficando a Prefeitura responsável por tal atividade. Estiveram presentes o poder Judiciário, representantes do Ministério Público, Prefeitura Municipal, CAEMA, o senhor Coronel QOPM Glauber Miranda Silva, Comandante do CPA-I/7, fazendo uso da palavra pontuando a necessidade da desobstrução das referidas vias, assim como alguns moradores da localidade atingida.
Compartilhe via: