.

.

domingo, 1 de abril de 2018

Sob forte chuva Flamengo Master vence Chapadinha por 2 a 1


Por William Fernandes domingo, 1 de abril de 2018

O time de veteranos do Flamengo do Rio de Janeiro, formado por jogadores que atuaram no clube de maior torcida do Brasil nos anos 80 e 90 e até mais recentemente, jogou na tarde deste domingo de Páscoa em Chapadinha, contra um combinado local, formado por atletas acima dos 40 anos de idade (alguns tinham menos que isso) e venceu por 2 a 1, de virada.

Geovan abriu o marcador para Chapadinha ainda no primeiro tempo. Cláudio Adão fez os dois gols do Flamengo no segundo tempo. 

Os times entraram em campo com bastante atraso, às 16h35. Quando a partida já ia começar, às 16h38, começou a cair um temporal, com muitos raios. Os jogadores de ambas as equipes ficaram assustados e resolveram deixar o campo. A maioria dos torcedores pensou que o jogo não fosse mais acontecer e acabou deixando o estádio.

Mas a chuva diminuiu e as equipes retornaram a campo cerca de 15 minutos depois. O gramado estava bastante encharcado, dificultando o toque de bola. Os jogadores tinham que tirar a bola do chão toda vez que iam dar um passe. E foi assim quase o jogo inteiro.

Após a partida, a maioria dos jogadores do Flamengo foi para o vestiário, ficando apenas o volante Beto e o zagueiro Ronaldo Angelim, que atendeu a todos os fãs, pacientemente.

Quando foram chama-lo para avisar que o ônibus já estava de saída, Angelim respondeu que iria ficar para atender a todos os torcedores e ia pegar carona com os atletas de Chapadinha. “Não sei se um dia voltarei a Chapadinha, por isso tenho que atender a todo mundo”, disse o zagueiro ao Blog do William.
Os organizadores do jogo lamentaram o público reduzido, mas reconheceram que o período não foi favorável, pois muita gente havia viajado pra passar a Semana Santa fora. O clima chuvoso antes da partida pode ter contribuído para afastar o torcedor.

Os organizadores estudam a possibilidade de trazer o Flamengo de volta em um período melhor e falam também em trazer em dezembro a Seleção Brasileira Master.

Na arquibancada havia torcedores de vários municípios vizinhos e até mais distantes, como Itapecuru, de onde veio uma caravana. Havia também torcedores de outros times, que fizeram questão de ir vestidos com as camisas de seus clubes de coração, como Palmeiras, Fluminense, entre outros.

FLAMENGO: Adriano; Athirson, Jorginho, Carlinhos e Piá; Júlio Cesar Uri Geller, Adílio e Marquinhos; Nélio, Cláudio Adão e Edilson Capetinha. Beto entrou no segundo tempo, no lugar de Adílio. Andrade ficou no banco de reserva, mas não entrou.












Compartilhe via: