.

.

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Prefeito Alberto Rocha inaugura Biblioteca Pública Municipal de Santa Quitéria-MA

Do CN1

O prefeito Alberto Rocha, por meio da  Secretaria Municipal de Educação, entregou a comunidade quiteriense  a Biblioteca Pública Municipal “Aderson Carvalho”. 
A cerimônia de inauguração aconteceu na segunda-feira (30/04), na Praça JK, e contou com a participação dos familiares do homenageado, através do seu filho Dr. Carlos Magno, autoridades municipais, profissionais da educação e comunidade em geral.
 
Prestigiaram a inauguração da Biblioteca a secretária de Educação, Luciene Moreira Rocha, secretários municipais Arislene Rocha (Saúde), Raimundo da Praça (Turismo), Alberto Monteiro (Esporte), Adenildo Fernandes (Cultura), Zequinha Ginés (Urbanismo) e os vereadores Domingos Viana, Wilson Garcia, Auriete Lima, Janete Santos.
O prefeito Alberto Rocha, destacou que a  biblioteca é um espaço de aprendizagem para todos.
O  coral “UFMA Canta”, sob a coordenação da professora Paula Molinari e o grupo de Capoeira Cordão de Ouro da cidade de Brejo sob a coordenação do professor Alexandre, abrilhantaram a cerimônia de inauguração. 
 
Quem foi Aderson Carvalho 
O nome escolhido para esta biblioteca é também bastante significativo e apropriado para um espaço que será dedicado ao saber e ao esclarecimento. Aderson Carvalho, filho de João Evangelista de Carvalho e Benvinda Rosa de Carvalho, nasceu em Santa Quitéria do maranhão em 14/12/1913, falecendo em 25/02/2000. foi um dos homens mais influentes e sábios deste município. Aderson Carvalho foi advogado na secção do Maranhão sob nº 133 de 30/06/1971. Foi procurador dos feitos da Fazenda Municipal de Santa Quitéria,  registrado em 22/05/1962 sob nº 2 folhas 05/V do livro de registro da Lei Municipal de nº 35 no art. 2º de 30/12/1961. Ele também foi presidente da Fundação de Assistência e Proteção da Criança e do Adolescente de Santa Quitéria da Unidade Dr. Zeca Moreira e  Vice-presidente do Centro Artístico e Operário  e Secretário Geral da Prefeitura Municipal por quase uma década. Aderson Carvalho, escreveu parte da história e fundação do município, mas não teve seu registro feito como parte do seu legado deixado.
      
Compartilhe via: