....

....

...

Condenada por fraude em licitação, ex-prefeita Tina Monteles desprezou a justiça e curtiu o carnaval livre, leve e solta


Condenada pela Justiça a uma pena de 5 anos e 10 meses por fraudar licitações enquanto era prefeita de Anapurus, Tina Monteles descumpriu determinação de prisão domiciliar e curtiu o carnaval de 2018 livre, leve e solta.

Dias atrás veio à tona a notícia de que a ex-prefeita de Anapurus havia sido condenada pelo Tribunal de Justiça e que já estava cumprindo pena pelos seus crimes. Tal fato, que até então era mantido em segredo pela ex-gestora e amigos próximos, escancarou a forma como ela tem tratado a sua condenação: com desdém e desobediência.

Em outubro de 2017, Tina Monteles teve sua pena convertida em prisão domiciliar, mas ainda assim, é uma prisão, de modo que ela deveria se recolher em casa todos os dias das 23h às 5h, sendo permitido circular apenas nas cidades de Anapurus, São Luís, Chapadinha e Mata Roma, mas de forma eventual.

Como noticiado dias atrás, a ex-prefeita foi flagrada no dia 02/06/2018 curtindo em um evento no Povoado Conceição, município de Buriti, local onde, pela decisão judicial, ela jamais poderia estar.

Agora, chegaram informações de que a Tina Monteles esteve em um baile carnavalesco na cidade de Chapadinha no dia 11 de fevereiro (domingo de carnaval) em horário onde, na verdade, deveria estar confinada em sua prisão domiciliar.

Com tais comportamentos, Tina demonstra que tem tido uma rotina normal, apenar de condenada criminalmente, seguindo com uma vida regada a eventos requintados.

Enquanto os ladrões de galinha continuam se espremendo e lotando as prisões do Brasil, Tina Monteles, condenada por fraudar licitações na prefeitura de Anapurus, segue sua vida de luxo e liberdade, esfregando na cara da Justiça que, para ela, o crime compensa.

Cabe ao Ministério Público adotar as providências cabíveis.

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon