.

Visit Namina Blog

...

Prefeitura de Anapurus desmente postagem tendenciosa sobre apropriação indébita de recursos

Um artigo irresponsável, tendencioso e de cunho politico publicado no Blog Alexandre cunha acusa a prefeitura, principalmente na pessoa da Prefeita Professora Vanderly,  de ter retido valores dos servidores públicos referente ao repasse de contribuição sindical no inicio de sua gestão.
Logo no titulo do texto o próprio autor em uma demonstração clara de que nem ele tem certeza do que está falando usa a palavra “SUPOSTAMENTE” e ao longo do texto palavras como: “O QUE LEVA A CRER” e “SUPOSTO” são varias vezes repetidas.
VAMOS A VERDADE
Primeiro: Já virou prática comum, em toda eleição a pessoa da Prefeita Professora Vanderly e sua família serem atacados com as mais diversas acusações, como na eleição para prefeito que a antiga prefeita chegou postar no site oficial da prefeitura que a então candidata professora Vanderly  era inelegível porque teria sido demitida a bem do serviço publico do seu cargo de professora do município, coisa que,  se todos forem buscar na lembrança foi mentira, tanto é que Vanderly se elegeu e esta exercendo seu mandado da maneira mais competente que muitas das destoes anteriores.
Segundo: Assim que a atual gestão assumiu, sequer tinha dados de quem no município era ou não funcionário público isso porque toda documentação referente à folha de pagamento e cadastro de funcionários foram levados pela antiga administração, da mesma forma que até as cadeiras, computadores e outros móveis da prefeitura e das suas secretarias foram usurpados sem o mínimo de respeito. Fato este que se forem buscar na lembrança assim que a atual gestão assumiu já iniciou um recadastramento de todos os funcionários, carros de som passaram em todas as ruas do município chamando os funcionários para comparecem nos lugares de recadastramento para efetuarem seus cadastros, isso foi feito para que um novo banco de dados pudesse ser gerado e desta forma a gestão saber o tamanho de sua folha.
Terceiro: Por não saber quem eram os servidores e quais realmente contribuíam para o sindicato, os quatro primeiros meses não foram descontados a taxa sindical, isso pode ser provado nos holerites dos servidores que receberam o salário integral neste período, o que por óbvio não houve desconto, ou seja o município não reteve o que não foi repassado.
Quanto ao sindicato estar cobrando esses meses que não houve o desconto e portanto não houve o repasse é responsabilidade total do sindicato e não da prefeitura, cabe dizer que se o sindicato está pleiteando esses valores e que, como está provado nos holerites dos funcionários que não houve os descontos, então por óbvio é direito do sindicato que tais valores sejam reposto para que tanto sindicato, quanto contribuinte possam exercer seus direitos e deveres.
O fato é que  só começou o desconto a partir do momento em que o sindicato enviou a relação dos funcionários que contribuíam e dai para frente que começou o desconto e o repasse, ou seja, a prefeitura está em dia com tanto com os servidores quantos com o sindicato, tanto é que não há nenhuma manifestação do próprio sindicato contra a atual gestão.
Portanto se este importuno aconteceu, a responsabilidade foi da antiga gestão que omitiu os documentos e que inclusive a atual gestão teve que se socorrer  da justiça que emitiu mandado de busca e apreensão (clique aqui) (ou veja o documento nas imagens abaixo) para que tais documentos pudessem ser resgatados, e nem assim houve respeito e obediência a determinação judicial por parte da antiga gestão.
Para finalizar, o texto publicado é de grande irresponsabilidade e sem procedência, foge da essência de um texto jornalístico que deve ser responsável e imparcial, deixa evidente que a intensão é de atacar a Prefeita Professora Vanderly, ou seja, mais uma vez a oposição mostra-se fraca e desesperada diante dos progressos alcançados pela atual gestão.



Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon