.

Visit Namina Blog

...

[VÍDEO] Movimento pró-Bolsonaro atrai milhares de pessoas às ruas de Chapadinha



Por William Fernandes - domingo, 16 de setembro de 2018

Pela primeira vez foi realizado em Chapadinha um movimento de grandes proporções, exclusivamente em prol de um candidato a presidente da república, e sem a participação de nenhum grupo político.

De forma espontânea, atendendo apenas a convites em redes sociais, milhares de pessoas em motos e carros saíram do Bairro Areal, por volta das 17h, em uma grande carreata até o Centro da cidade, em apoio a Jair Bolsonaro, candidato à presidência do Brasil pelo PSL.

Idoso se esforça pra demonstrar apoio a Bolsonaro, levando a bicicleta com uma mão e segurando o cartaz com a outra.
A comunidade sulista que reside em Chapadinha e em algumas cidades da região também participou com carros e até máquinas agrícolas. Os “gaúchos”, como são chamados todos os sulistas da região, já haviam feito outras manifestações em favor do impeachment de Dilma, há dois anos.





Bolsonaro está impossibilitado de fazer campanha país afora, após sofrer atentado em Juiz de Fora, no domingo, dia 6 de setembro. Neste domingo, enquanto manifestações de apoio aconteciam por todo o Brasil, o candidato falava ao vivo, pelo Facebook, da cama da unidade de terapia semi-intensiva do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde está internado.

Nas redes sociais, o candidato escreveu que teve autorização da equipe médica do hospital para fazer a transmissão ao vivo, que ele começou com voz embargada ao agradecer os apoios que recebeu após o ataque.

Durante a transmissão, Bolsonaro afirmou que a possiblidade de perder a eleição "na fraude" para o candidato do PT, Fernando Haddad, é "concreta".

Para o candidato, a possibilidade de fraude está na votação em urna eletrônica. Autor de uma proposta de emenda à Constituição (PEC) aprovada pelo Congresso que prevê a impressão de um recibo do voto, Bolsonaro lamentou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de junho deste ano, que derrubou o voto impresso. "O PT descobriu o caminho para o poder, o voto eletrônico", afirmou.

Segundo ele, se eleito, Haddad assinará "no mesmo minuto da posse" o indulto para Luiz Inácio Lula da Silva – a quem chamou de "presidiário que está lá em Cuiritiba" – e nomeará o ex-presidente ministro da Casa Civil.

"A grande preocupação não é perder no voto, é perder na fraude. Então, essa possibilidade de fraude no segundo turno, talvez até no primeiro, é concreta", afirmou.

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon