....

....

...

Orgulho chapadinhense: Aluna do Colégio Raimundo Araújo é destaque como "Jovem Senadora" em Brasília

Maria Regina, aluna do Colégio Raimundo Araújo, de Chapadinha, foi a campeã maranhense de um concurso nacional de redação, o  Maranhão no Jovem Senador 2018. Cada estado elege um "Jovem Senador"

     Maria Regina Lima da Silva é a Jovem Senadora Maranhense. (Foto: Divulgação/Seduc)

“A nossa constituição não é colocada em prática de uma forma eficaz, em parte, por causa da morosidade. No papel, temos uma constituição extremamente democrática que garante a todos o acesso à saúde, à educação e tantos outros direitos básicos. Mas, infelizmente há uma distância muito grande entre o que está no papel e o que é cumprido no nosso dia a dia”. O depoimento é da estudante Maria Regina Lima da Silva, do Centro de Ensino de Tempo Integral Raimundo Araújo, escola da rede estadual de ensino na cidade de Chapadinha.


Maria Regina Lima da Silva foi selecionada para representar o Maranhão no Jovem Senador 2018, programa que oferece a estudantes do ensino médio de escolas públicas estaduais a possibilidade de conhecer na prática o trabalho feito no Senado.

A seleção é realizada por meio de um concurso de redação anual. Os vencedores, um por estado, viajam para Brasília, onde, por uma semana, atuam como senadores. Este ano, 194 mil estudantes de todo o país participaram do concurso. No total, 81 redações foram selecionadas para a fase final. Foram escolhidos os 27 estudantes para representarem os estados e o Distrito Federal, em Brasília.

A jovem senadora maranhense, que permanece em Brasília até essa sexta-feira (23), apresentou a redação com o tema Brasil: a Constituição de um Sonho, em que fala da garantia ao acesso à saúde e à educação como conquista fundamental da constituição.



Durante toda a semana, os estudantes senadores apresentaram e discutiram propostas. Ao fim da jornada, nesta sexta-feira (23), serão votadas as sugestões legislativas que serão encaminhadas para análise na Comissão de Direitos Humanos do Senado. Se o colegiado aprovar, os textos são transformados em projetos de lei e passam a tramitar normalmente no congresso nacional.

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon