....

....

...

Sem Cubanos, Chapadinha Perde 16 Profissionais; 11 Bairros e 7 Povoados Ficam sem Médicos



A saída dos médicos cubanos do programa Mais Médicos no Brasil vai atingir em cheio a qualidade dos serviços de saúde de Chapadinha. Aqui vamos perder 16 dos 23 profissionais que atendem nos Postos de Saúde da Família em vários bairros e localidades do interior.

O maior impacto será na atenção básica de saúde da maioria da população de Chapadinha. Entre os bairros que ficarão sem médicos estão: Campo Velho, Bairro Novo, Areal, Novo Castelo, Bairro da Cruz, Corrente, São José, Tigela, Terras Duras, Boa Vista e Caic/Areal.

Além dos PSFs da área urbana, os povoados Uncurana, Canto dos Ferreiras, Baturité, Mangabeira, Estrela, Malhada e Alagadiço Grande também ficarão sem médicos com a saída dos cubanos.

Ao todo são 11 bairros e 7 localidades da Zona Rural que ficarão sem assistência médica depois do desentendimento entre o presidente eleito Jair Bolsonaro e governo de Cuba.

Enquanto governantes brasileiros e da ilha caribenha travam disputas ideológicas, cerca de 29 milhões de pessoas no Brasil – incluindo os milhares de chapadinhenses – deixam de contar com um atendimento de qualidade, humano e aprovado pelo povo. 

Em tempo: além dos 16 médicos que estão retornando ao país de origem, há outras duas vagas que deveriam ser preenchidas por cubanos. 

Do Blog do Alexandre Pinheiro (Foto: Kim Pereira)

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon