Apresentador explica pedido de demissão ao vivo no Globo Esporte

Kaio Cézar (TV Verdes Mares)

Do Yahoo Esportes

Após surpreender ao pedir demissão do Sistema Verdes Mares ao fim da versão cearense do Globo Esporte neste sábado (16), o jornalista Kaio Cézar fez um post em sua página no Facebook explicando os motivos que o levaram a tomar tal decisão.

No post publicado neste domingo (17), Kaio explica que foi “apunhalado” por muito tempo pelo também jornalista Paulo César Norões, que hoje é diretor do grupo Verdes Mares. Segundo o apresentador, Norões nunca o respeitou por causa de convicções diferentes, tanto no esporte quanto na política.

O apresentador afirma que já tinha pedido demissão a um diretor da TV Verdes Mares, mas que acabou recebendo um aumento salarial e redução de horas extras, além de um pedido de paciência.

Kaio conta várias instâncias do tratamento durante o post. As duas mais preocupantes aparecem no início e no fim. Ele cita uma reunião em que Norões o mandou “tomar no c*” e outro caso em que o diretor da empresa teria ofendido sua família.

Entre as ocasiões citadas, o apresentador ainda falou sobre quanto Norões tentou o tirar da cobertura da Copa das Confederações de 2013, a confusão sobre uma oportunidade após a promoção de Antero Neto ao SporTV, a proibição de narração de uma partida do Brasil na Copa do Mundo de 2018 e a perda de oportunidades no Premiere FC por causa de uma obrigação de tirar folgas em dois domingos por mês.

Kaio também deu uma entrevista ao UOL Esporte dizendo que a gota d’água aconteceu nesta semana, quando estava escalado para narrar um jogo neste domingo e acabou retirado da escala.

“Dentro da empresa, era um narrador que não podia narrar. Na prática era isso. Então por que ficar? Por que não me deram as contas ou fizeram um acordo quando pedi para sair? Pedi demissão no ar porque foi a única opção que me deram”, disse o jornalista.

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon