Miss Ilhéus morre em BH mesmo após primeiros socorros do noivo

 Gabriela Viegas (Foto: Reprodução/Instagram)

Gabriela Viegas, de 27 anos, foi encontrada pelo noivo em apartamento no bairro Nova Suíça, região Oeste de Belo Horizonte na última sexta-feira.

G1 MG

A miss Ilhéus 2018, Gabriela Mendes Viegas, de 27 anos, foi encontrada morta no apartamento do noivo, no bairro Nova Suíça, região Oeste de Belo Horizonte, no fim da noite da última sexta-feira (3). Lucas Ferrara, de 26 anos, chamou os vizinhos e tentou salvar a vida da noiva, que não resistiu.

De acordo com a Polícia Militar, a miss cometeu suicídio ao pular de uma janela com um cinto amarrado no pescoço.

Lucas disse à polícia que havia pedido um tempo no relacionamento com Gabriela para que, segundo ele, ela se tratasse da depressão.

O boletim de ocorrência detalha que Lucas saiu do apartamento onde morava para trabalhar em uma academia por volta das 20h40, deixando Gabriela sozinha. Quando voltou, já encontrou a noiva precisando de socorro.

Lucas disse ainda aos policiais que cortou o cinto com uma faca e começou a massagem cardíaca na cozinha do apartamento.

Gabriela Viegas, Miss Ilhéus 2018, morta em Belo Horizonte — Foto: Reprodução/Facebook
Gabriela Viegas, Miss Ilhéus 2018, morta em Belo Horizonte — Foto: Reprodução/Facebook 

Ao ver a noiva sem reação, gritou pelos vizinhos e desceu com Gabriela nos braços até a garagem, onde continuou a massagem cardíaca até a chegada do socorro. A morte da miss foi confirmada no local.

A reportagem entrou em contato com Lucas, mas sem sucesso. Também não foi possível fazer contato com a família de Gabriela até a publicação. As manifestações serão registradas assim que recebidas pela reportagem.

Muitos conhecidos, familiares e fãs de Gabriela Viegas manifestaram pesar em seus perfis em redes sociais. O especialista em misses Ricardo Mello foi um dos que lamentaram a morte da jovem.


Segundo a Polícia Civil, o corpo da miss Ilhéus foi retirado do Instituto Médico-Legal de Belo Horizonte na tarde de sábado (4), mas não há informação sobre o local do sepultamento.

Nesta segunda-feira (6), a Polícia Civil informou que o inquérito será feito pela delegacia da região por não haver indícios da participação de terceiros no suicídio. Anteriormente, a corporação havia dito que o caso seria investigado pelo Departamento de Homicídios, mas a informação foi corrigida às 11h24.

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon