Novas informações sobre o pedreiro que morreu atacado por um touro em Chapadinha


Por William Fernandes - segunda, 1 de julho de 2019 (Matéria alterada às 20h30, para acréscimo e correção de informações)

O pedreiro Valdeildes da Conceição, de 41 anos,  morreu após sofrer violento ataque de um touro, em uma estrada de Chapadinha, por volta das 13h desta segunda, 1 de julho.

Valdeídes retornava de uma pescaria, a pé, com o pai e um tio. Valdeídes era o último da fila. Segundo relatos do pai, seu Garreto, que é magarefe, o touro atacou seu filho, provavelmente com ciúmes de umas vacas paridas que estavam nas proximidades de onde eles caminhavam.

A vítima recebeu uma cabeçada no peito, atingindo também o pescoço, e morreu na hora. "Eu vi o boi preparando a carreira [para atacar] e gritei para meu filho correr dali. Mas ele não conseguiu sair do, lugar. Parece que faltou os nervos e o boi correu e meteu a cabeçada nele. Ele caiu e morreu logo. Machucou a cabeça, o pescoço... Quando o agarrei no chão, ele derramava muito sangue. Eu gritei para o meu tio, que estava com a gente: meu filho tá morto...", relatou o pai da vítima, ao Blog do William Fernandes, enquanto o corpo era aguardado em sua residência, à Avenida Rodoviária, próximo à Praça do Caterpillar.

Valdeilson tinha quatro filhos. Segundo a família, o sepultamento será realizado amanhã (terça), à tarde, no Cemitério do Caterpillar. 

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon