Alcione e Flávio Dino destacam defesa da pátria e da identidade maranhense em homenagem na Assembleia Legislativa - Blog do William

Blog do William

Blog do William - Notícias de Chapadinha e do Baixo Parnaíba Zap: (98) 99210-7825 Anapurus, Mata Roma, Brejo, São Bernardo, Santa Quitéria, Urbano Santos, Belágua, São Luís, Milagres do Maranhão, São Benedito,

Home Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Your Ad Spot

sábado, 31 de agosto de 2019

Alcione e Flávio Dino destacam defesa da pátria e da identidade maranhense em homenagem na Assembleia Legislativa


 

O governador Flávio Dino participou, na manhã desta quinta-feira (29), da concessão da Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman, maior comenda do Poder Legislativo do Maranhão, à cantora Alcione Dias Nazareth.

A iniciativa da Assembleia Legislativa é fruto de um Projeto de Resolução Legislativa proposto pelo deputado Wendel Lages, que foi aprovado por unanimidade pelo plenário da Casa.

A cerimônia contou com a participação de vários artistas maranhenses, que fizeram apresentações em homenagem à célebre carreira nacional e internacional que Alcione construiu ao longo dos últimos 47 anos. Em seu discurso, Flávio Dino exaltou a maranhensidade da artista e a defesa enfática que ela tem feito do povo do seu estado.

Ele ressaltou a solidariedade que Alcione tem demonstrado ao Maranhão, principalmente após os ataques sofridos nos últimos dias pelo povo do Nordeste.

“Uma das vozes com mais ênfase e solidariedade foi a da Alcione. Lembrando sobretudo a defesa do Brasil e da maranhensidade. Agradeci em meu nome, mas sobretudo em nome dos 7 milhões de maranhenses”, realçou.

Flávio Dino agradeceu a Alcione também por vestir a bandeira do Maranhão como a sua roupa.

“Uma pátria é, sobretudo, um patrimônio de narrativas pretéritas e de sonhos e projetos futuros. É a soma da base material do território, das pessoas, sobretudo daquilo que nós pensamos e sonhamos. A cultura, portanto, é o que nos faz brasileiros. Você como expoente da cultura brasileira encarna mesmo a alma mais profunda da brasilidade que todos nós celebramos neste momento”, reiterou o governador.

Para Flávio Dino, Alcione representa parte importante da cultura do Maranhão.

“Quero afiançar a você, que, assim como o samba não vai morrer, porque nós não vamos deixar, certamente você integra para sempre o panteão dos imortais da cultura do Maranhão”, sublinhou.

Emocionada, a cantora agradeceu a todos que prestigiaram a concessão da Medalha Manuel Beckman, e reforçou seu compromisso com seu estado.

“Temos um potencial de cultura e inteligência muito grande. Se o Maranhão se unir, se os maranhenses se unirem, ninguém vai segurar esse Estado, ninguém segura a gente”, afirmou Alcione.

Trajetória

Alcione Dias Nazareth nasceu em São Luís, no dia 21 de novembro de 1947. Aos 12 anos, influenciada pelo pai musicista, cantava em festas familiares e populares. Aos 20 anos, já professora, foi demitida por ensinar aos seus alunos como tocar trompete. Começou, então, a dedicar-se exclusivamente à música, cantando em bares e boates do Maranhão, até mudar para o Rio de Janeiro, em 1972.

Já na capital carioca, assinou o primeiro contrato profissional com a TV Excelsior, apresentando-se no programa Sendas do Sucesso. Após a experiência, realizou turnê pela América Latina e Europa, finalmente deslanchando a carreira como cantora, compositora e instrumentista.

Atualmente, Alcione é uma das vozes mais notórias da música popular brasileira. Conhecida como Rainha do Samba, é interprete de vários sucessos, dentre eles: Não Deixe o Samba Morrer e Meu Ébano.

Postado por GILBERTO LIMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.

Post Top Ad

Your Ad Spot