Polícia prende suspeitos de triplo assassinato em Coelho Neto



Uma operação entre as Policias Civil e Militar resultou na prisão de 4 pessoas, que supostamente estariam envolvidas em um triplo assassinato ocorrido no município de Coelho Neto. Os crimes ocorreram no início da manhã deste sábado (03). Os presos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Polícia Civil em Caxias (MA), no início da noite.

Pelas características há quem acredite que os crimes tenham sido de execução. As três vítimas, dois homens e uma mulher, mortos a tiros, moravam na mesma casa, no Bairro Sarney.

Na tarde deste sábado, o Comandante da Polícia Militar, 2o BPM em Caxias, determinou o reforço do policiamento e a intensificação nas diligências na cidade de Coelho Neto, na busca dos autores do triplo homicídio. Através de informações de que um menor estaria no local, no momento do crime e que este saiu correndo, foi realizada uma busca chegando-se até ele. A partir do relato do mesmo, a polícia conseguiu identificar os supostos autores dos assassinatos.

A operação foi desencadeada pela Polícia Militar, coordenado pelo Cap. Cleuton, Comandante da 3a Companhia de Coelho Neto, em conjunto com a Polícia Civil, na coordenação do Delegado Márcio e um agente policial, com a realização das diligências a partir do nome dos supostos autores envolvidos.

Segundo apurou a força tarefa policial, três homens e uma mulher foram identificados como supostos participantes em mais esta chacina ocorrida naquele município. Até o momento já foram presos 2 deles e a mulher, durante as barreiras policiais, e a prisão de outro nas diligências realizadas na cidade. Porém, um outro acusado ainda se encontra foragido.

Conforme as informações policiais, no momento da prisão de um suposto participantes nos crimes, que é de etnia cigana, funcionava dentro da residência dele a armazenagem de drogas, sendo encontrados materiais para embalagens dos entorpecentes. Dentre balanças de precisão, uma quantidade significativa de substâncias análogas a cocaína, papelotes análogos a merla e maconha.

Os envolvidos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Caxias, para a conclusão do flagrante e apuração dos fatos. Sendo que as buscam continuam, no sentido de prender o último acusado. E, por questões de segurança e evitar atrapalhar as investigações, não foram divulgados nomes dos envolvidos no crime.

CHACINA

No mês de junho, na manhã de domingo (9), um tiroteio no mercado central do município de Coelho Neto, deixou quatro mortos e quatro feridos – entre eles, uma criança de 3 anos -, todos da mesma família. Segundo a polícia, o episódio foi motivado pelo conflito entre duas famílias ciganas da cidade.

Por Sinal Verde

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon