No Maranhão, homem mata a ex e depois se mata



A cidade de Fortuna, localizada aproximadamente a 430 quilômetros da capital, foi abalada nessa quarta-feira (25) com a morte da professora Darlene Glória Custódio dos Santos, 50 anos, assassinada pelo seu ex-marido Francisco Erivaldo Santos Sousa, conhecido por Cabelo, 49 anos, que em seguida recorreu ao suicídio. O crime aconteceu na rua da Alegria, nas proximidades da praça da Liberdade, por volta das 17h.

De acordo com informações repassadas ao blog do Lobão, Francisco Erisvaldo entrou na casa de Darlene e imediatamente fechou todas as portas. Pouco tempo depois os vizinhos ouviram os gritos de Darlene pedindo socorro, logo em seguida ouviram estampidos de vários tiros.

A polícia foi acionada e ao chegar arrebentou uma das portas da casa, encontrando logo em seguida o corpo da professora. Ela estava caída na cozinha com tiros no ouvido e na região dos dois peitos. Cabelo encontrava-se caído em um dos quartos da residência com dois tiros no abdômen e outro no ouvido. A arma do crime, um revólver calibre 38, foi encontrada próximo ao seu corpo juntamente com várias munições.

O casal vinha de um relacionamento conturbado e estavam há cerca de dois meses separados. Erisvaldo, muito possessivo e ciumento, não aceitava o fim relacionamento e insistia em reatar as relações com Darlane, que não aceitava mais. Por conta de suas insistências e supostas ameaças, ela procurou a justiça e ao seu favor foi concedida uma medida protetiva, mantendo Erisvaldo afastado para lhe dar mais segurança. Ainda conforme informações, mesmo com as medidas tomadas pela justiça, ela continuou a ser ameaçada pelo ex, mas ignorou e não comunicou as autoridades.


Blog do Lobão

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon