Prefeito de Santa Quitéria repudia "Fake News"com seu nome e acionará Justiça para punir responsáveis



A praticamente um ano das eleições municipais, a indústria dos Fake News (Notícia Falsa) trabalha a todo o vapor em todo o Brasil. Em Santa Quitéria não é diferente. Os alvos principais, claro, são os políticos, principalmente os que estão no poder.  Mas, como já é do conhecimento de todos, criar ou espalhar notícias falsas é crime e dá cadeia para quem os fizer.

Já circula nas redes sociais de Santa Quitéria uma grosseira simulação de “conversa” entre o prefeito Alberto Rocha e um interlocutor que não tem o nome divulgado. Na falsa conversa, o prefeito estaria ofendendo autoridades locais. A simulação criminosa foi feita a partir de um dos muitos aplicativos que simulam conversas no WhatsApp.


São muitos os elementos que comprovam a farsa. A começar pelas diferenças, que são sutis, mas dá para perceber entre o verdadeiro WhatsApp e o Fake Chat, como por exemplo, o formato dos caracteres que indica a hora de envio e recebimento das mensagens. No falso, eles aparecem na cor branca com contorno preto. O mesmo ocorre no nome do usuário.

Falando em usuário, reparem que o “criador” da Fake News se atrapalhou e colocou o nome de perfil do prefeito de formas diferentes. Em uma está “PREFEITO” e na outra aparece “Alberto”. Só isso já derrubaria por terra a farsa.


Como se isso não bastasse, há uma enorme semelhança de erros gramaticais/de concordância nos textos escritos pelas “duas” pessoas, dando a entender que apenas uma pessoa, ou seja, o criador do fake, escreveu tudo.

Diante desta prática de crime virtual cometido contra ele, o prefeito Alberto Rocha emitiu uma nota de repúdio e afirmou que medidas judiciais serão tomadas para que o responsável seja punido, como prevê a Lei de Crimes Cibernéticos do País.

NOTA DE REPÚDIO

Faz-se imprescindível o esclarecimento, posto que as falsas mensagens visam a confundir aos cidadãos quiterienses, embora o próprio texto revele a tentativa grosseira de fraude.

"Gostaria de repudiar o uso criminoso do meu nome em uma montagem grosseira no WhatsApp que está circulando nas redes sociais. Ao mesmo tempo em que repudio essa prática, reitero que já estou tomando as medidas cabíveis com o objetivo de identificar os responsáveis para que o uso indevido da imagem seja reparado".

Como cidadão que respeita as instituições brasileiras jamais iria menosprezar os membros do legislativo Municipal, assim como o advogado que desempenha sua função com honra, muito menos faltaria ao respeito com o ilustre membro do Ministério Público Estadual. Todos  têm meu respeito.
Reforço aqui meu compromisso com a verdade ao repudiar com veemência a propagação das fake News, pois atentam apenas agredir pessoas e instituições. Friso que todas as medidas cabíveis serão adotadas para que tal crime seja apurado e descoberto os autores criminosos para que sejam punidos no rigor da lei.

Norberto Moreira Rocha
Cidadão brasileiro e QUITERIENSE - antes de tudo

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon