Golpe por telefone assusta clientes do banco Itaú


Criminosos fingem falar de uma central telefônica da própria instituição bancária para conseguir dados e dinheiro das vítimas.

Golpe por telefone assusta clientes do banco Itaú

Quadrilhas equipadas transformaram o roubo de dados por telefone em um esquema profissional. Na manhã desta quinta-feira (3), um cliente do banco Itaú por pouco não cai no golpe por telefone. Por segurança, não iremos identificar o cliente. Assim como acontece nas centrais dos bancos, os golpistas utilizaram de tempo e muito papo para tentar convencer o cliente de uma agência do Itaú em São Luís que a ligação era verdadeira.


Jogando a isca para obter dados:

“Me ligaram perguntando se eu havia feito um agendamento de uma Transferência Eletrônica Disponível (TED) no valor de R$ 4.999, hoje, de um computador não cadastrado. Quando eu disse que não havia realizado essa transação, eles disseram que estavam ligando só para confirmar. Logo em seguida me disseram que iriam transferir para o setor de pericia para confirmar a exclusão dessa dessa TED”, explicou o cliente sobre o início do contato dos golpistas.

Falsa central telefônica:

Os golpistas imitiram a transferência de ramal como em uma central telefônica real. Após o suposto atendente começar a conferir os dados, o cliente percebeu que se tratava de um golpe.

“Eles passaram para uma suposta área responsável de verificação. Tem até a música do Itaú. E aí essa área responsável, com aquela voz computadorizada, começou a pedir alguns dados de confirmação (CPF, data de nascimento, número do cartão, senha de cartão e outras coisas). Mas propositalmente eu errei a senha, porque eu fiquei desconfiado, pois o Itaú nunca liga para esse tipo de procedimento. 
Quando eu coloquei a senha errada e percebi que eles continuaram o processo, eu desliguei o telefone”, disse o cliente.

Golpistas insistem no contato:

O cliente ao ter certeza que era um golpe desligou o telefone, mas os criminosos começaram a ligar de maneira insistente.

“Quando eu desliguei eles começaram ligar insistentemente, quase que de três em três minutos. Aí eu atendi a ligação e disse que ia direto para a agência, e que eu iria resolver por lá. Eles disseram que eu deveria correr para a agência porque a TED iria ser efetuada naquele momento”, relatou a vítima.
Outros casos:

Após desligar o telefone, a vítima foi a sua agência e descobriu que outros clientes tinham recebido o mesmo tipo de ligação.

“Quando cheguei na agência, já vi que tinham mais quatro casos iguais. Então, se vocês receberem uma ligação do número 4004-4828, e pedirem conformação de dados, deve ser a tentativa do mesmo golpe”, finalizou o cliente.

do imirante.com

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon