VALE DAS FLORES

VALE DAS FLORES
Clique no banner acima para saber mais

Homem que foi preso por engano é colocado em liberdade

Raimundo da Silva Sousa ficou 10 meses preso até a prisão e confissão do verdadeiro assassino




Após passar 10 meses preso injustamente, Raimundo da Silva Sousa, foi colocado em liberdade. Ele foi acusado de duplo homicídio, que teve como vítimas Gabriel, de 18 anos, e Emanoel, de 47 anos, que era travesti e tinha como nome social Valquíria.

Raimundo só conseguiu a liberdade após a prisão do verdadeiro assassino, um homem identificado como Ronaldo Pires dos Reis, preso em Bom Jesus das Selvas, no dia 12 de setembro deste ano. Após a prisão, Ronaldo confessou o crime, inocentando Raimundo.

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon