VALE DAS FLORES

VALE DAS FLORES
Clique no banner acima para saber mais

Setembro fechou com 21 mortes violentas em Imperatriz


Entre as pessoas assassinadas está o PM Wanderson Monteiro, morto durante uma tentativa de assalto.


Setembro fechou com 21 mortes violentas em Imperatriz


A onda de violência que vem assolando Imperatriz deixou 21 pessoas mortas no mês de setembro, sendo considerado, até agora, o mês mais violento do ano, segundo dados da Polícia Civil. Deste total, dois são latrocínios, roubo seguido de morte. No mesmo período do ano passado foram sete assassinatos.

“O mês fechou com 20 homicídios e uma morte que a gente ainda não conseguiu delimitar, que pode ser um homicídio ou pode ser uma lesão corporal seguida de morte, totalizando 21 mortes violentas”, ressaltou uma fonte do Plantão Central da Civil.

A última morte registrada foi de uma jovem, identificada como Fernanda Lopes de Oliveira, assassinada a tiros no bairro Bacuri. Ela, que estava grávida, ainda foi socorrida, mas morreu dentro da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A mulher tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas.

No entanto, o assassinato de maior repercussão do mês de setembro foi do policial militar Wanderson Monteiro, morto com um tiro na cabeça, enquanto trabalhava como segurança particular em uma loja de celular, no Centro de Imperatriz. Ele teria reagido a uma tentativa de assalto. Toda a ação foi filmada por câmeras de monitoramento do local.

Na noite dessa segunda-feira (30), a polícia conseguiu prender os homens que aparecem no vídeo que registrou a morte do PM. Pedro Vinicius da Silva Fontes e Emerson Santos de Sousa foram presos dentro de uma van, indo para a cidade de Marajá, no Pará. Foram encaminhados para a cidade de Marabá e aguardam decisão judicial para serem recambiados para Imperatriz.

do Imirante.com

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon